PATRIMONIALIDADE, RECONHECIMENTO E POLÍTICAS DE PRESERVAÇÃO DE CONJUNTOS EPISTOLARES

  • Cristiéle Santos de Souza Universidade Federal de Pelotas
  • Carla Rodrigues Gastaud Universidade Federal de Pelotas

Resumo

O presente artigo propõe discutir os processos de patrimonialização e salvaguarda de acervos epistolares a partir das noções de valor, patrimonialidade e reconhecimento. Buscando, assim, compreender e expor a importância desses valores socialmente difundidos e atribuídos a acervos epistolares em diferentes contextos de preservação, em especial, nas ações do Comitê Nacional do Brasil – Programa Memória do Mundo.

Publicado
2020-08-27