AS REPRESENTAÇÕES DO NEGRO E DO ÍNDIO NOS LIVROS DIDÁTICOS BRASILEIROS (1970-2000)

  • Rainiel Lopes Barboza Universidade Federal do Amazonas

Resumo

Os grupos indígenas e negros, no Brasil, além de terem sofrido na pele séculos de opressão, também enfrentaram, séculos mais tarde, desafios em torno das formas como foram representados nos livros didáticos. No presente trabalho buscou-se analisar e refletir sobre as representações do índio e do negro nos livros didáticos de História do Brasil publicados entre as décadas de 1970 e 2000, período em que, mediante avanços de debates e ações afirmativas, verificam-se profundas mudanças, que vão do esquecimento à visibilidade.

Publicado
2020-08-28