BOLSA DE MANDINGA, PROTEÇÃO E PERIGO EM JACOBINA

TRÊS HOMENS NEGROS NAS GARRAS DA INQUISIÇÃO PORTUGUESA (1745-1756)

  • Jhon Lenon Ferreira Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Resumo

No período colonial do Brasil, africanos e crioulos realizavam práticas religiosas consideradas heréticas pela Inquisição portuguesa. Essa instituição tinha como principal objetivo investigar a vida de Cristãos-novos, mas, além disso, ela repreendeu manifestações culturais de africanos e seus descendentes, que eram interpretadas como crime. Procuramos entender, através da análise da documentação oficial produzida na década de 1750, no âmbito do Tribunal da Inquisição de Lisboa, como e porque, três homens negros foram presos por usar bolsas de mandinga no ano de 1745 na Vila de Jacobina. Buscamos entender o significado da expressão cultural desses homens e como esta era entendida pela sociedade Colonial.

Publicado
2020-08-28