O uso de recursos tecnológicos no ensino de tabela periódica: relato de uma experiência

  • Ricardo Castro de Oliveira Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo Câmpus Catanduva
Palavras-chave: TIC; Blog; QR Code; Tabela periódica.

Resumo

Os recursos tecnológicos vêm ganhando cada vez mais destaque no Ensino de Química. Este trabalho apresenta um relato de experiência, envolvendo 24 licenciandos em Química do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo, Câmpus Catanduva, durante a disciplina de Tecnologia da Informação e Comunicação no Ensino de Química. Ao longo da disciplina, os estudantes construíram uma tabela periódica em QR Code e a disponibilizaram para todos os estudantes do câmpus. Foi possível constatar grande engajamento dos licenciandos na construção da tabela periódica, desde o processo de planejamento até a sua montagem. Esse recurso foi amplamente utilizado pelos estudantes da Instituição, que se deslumbraram com a possibilidade de acessar as principais informações dos elementos químicos a partir do seu celular ou tablet. Espera-se que este relato possa incentivar e promover reflexões nos licenciandos, a respeito da importância dos recursos tecnológicos na aprendizagem de Química.

Referências

BARRO, M.R.; FERREIRA, J.Q.; QUEIROZ, S.L. Blogs: Aplicação na Educação em Química. Revista Química Nova na Escola, n.30, 2008.
BONIFÁCIO, V. D. B. QR-Coded Audio Periodic Table of Elements: A Mobile Learning tool. Journal of Chemical Education, 89, p. 552-554, 2012.
BRASIL. Conselho Nacional de Educação. Conselho Pleno. Resolução nº 2/2015. Define as Diretrizes Curriculares Nacionais para a formação inicial em nível superior (cursos de licenciatura, cursos de formação pedagógica para graduados e cursos de segunda licenciatura) e para a formação continuada. Brasília, DF: CNE, 2015.
BRASIL. Ministério da Educação. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Brasília: Ministério da Educação/Secretaria de Educação Média e Tecnológica, 1996.
BZUNECK, J. A. A motivação do aluno: aspectos introdutórios. In: BORUCHOVITCH, E; BZUNECK, J.A.; (Org.) A motivação do aluno: contribuições da Psicologia Contemporânea. 4ª edição. Ed.Vozes, Petrópolis, RJ; 2009.
CHASSOT, A. Catalisando transformações na educação. Ijuí: Editora Unijuí, 1993.
FERREIRA, T.V.; CLEOPHAS, M.G. O potencial do aplicativo QR Code no ensino de química. Revista Tecné, Episteme y Didaxis. Año 2018. Número Extraordinário. ISSN impreso: 0121-3814, ISSN web: 2323-0126. Memorias, Octavo Congreso Internacional de formación de Profesores de Ciencias para la Construcción de Sociedades Sustentables. Octubre de 2018, Bogotá.
FISCARELLI, R.B.O. Material didático: discursos e saberes. Araraquara, SP: Junqueira & Marin, 2008.
LOCATELLI, A.; ZOCH, A.N.; TRENTIN, M.A.S. TICs no Ensino de Química: um recorte do “estado da Arte”. Revista Tecnologias na Educação, ano 7, n.12, 2015.
NÉRICI, I.G. Introdução à didáctica geral. 6.ed. São Paulo: Editora Fundo da Cultura, 1968.
NICHELE, A. G.; SCHLEMMER, E.; RAMOS, A. F. QR Codes na educação em química. Revista Novas Tecnologias na Educação, v. 13, n. 2, 2015.
OLIVEIRA, R.C. Tabela periódica em QR Code: uma proposta para trabalhar conceitos químicos utilizando a tecnologia. Anais do XVI EVEQ, 2018. Disponível em: https://www.iq.unesp.br/#!/eveq/anais-atualizados/xvi-eveq/. Acesso em 12/03/2021.
REEVE, J. Motivação & Emoção. Rio de Janeiro: LTC, 2006.
RYAN, R. M.; DECI, E. L. Intrinsic and extrinsic motivations: Classic definitions and new directions. Contemporary Educational Psychology, v. 25, n.1, p. 54-67, 2000b.
RYAN, R.M.; DECI, E.L. Self-Determination theory and the facilitation of Intrinsic motivation, social development, and Well-Being. American Psychologist, v. 55, n.1, p. 68-78, 2000a.
Publicado
2021-04-26
Como Citar
CASTRO DE OLIVEIRA, R. O uso de recursos tecnológicos no ensino de tabela periódica: relato de uma experiência. Caderno Amazonense de Pesquisa em Ensino de Ciencias e Matemática, v. 1, n. 1, p. e202101, 26 abr. 2021.
Seção
Fluxo Contínuo