HAICAI EM LIBRAS? AS POSSIBILIDADES MÉTRICAS EM POEMAS DA LÍNGUA DE SINAIS

Palavras-chave: Métrica. Poemas sinalizados. Haicai em Libras.

Resumo

O presente artigo visa, por meio de uma análise da estrutura do poema sinalizado “Escondido sozinho embaixo do mundo”, de Cao Benassi, expor um novo olhar sobre a produção literária em língua de sinais. Esse olhar foi possível graças uma nova concepção linguística, baseada nos pressupostos linguísticos saussurianos, aliados a compreensão dialógica bakhtiniana da linguagem, naquilo que chamei de “linguística do encontro”. Para tal, faço uma breve revisão literária sob três aspectos: a métrica e as rimas em poemas sinalizados; a escrita de sinais; e em relação à concepção linguística do encontro. A análise do poema que desvela a métrica em poemas de língua de sinais é puramente estrutural. O poema utilizado foi composto para demonstrar a viabilidade da grafia da língua de sinais por meio da VisoGrafia. Espera-se, com isso, divulgar um novo método de produção e análise da poética em língua de sinais.

Biografia do Autor

Claudio Alves Benassi, Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT)

Cao Benassi (em arte) é doutor em Estudos de Linguagens e mestre em Estudos de Cultura Contemporânea, pela Universidade Federal de Mato Grosso. É docente do curso de Licenciatura em Letras-Libras. Idealizou e fundou a Revista Diálogos (RevDia) ISSN 23190825 Qualis CAPEs B2, da qual é editor gerente. É fundador da revista acadêmica discente online Revista Falange Miúda (ReFaMi) ISSN 2525-5169 da qual é editor gerente e coordenador. Realizou uma aproximação da música com pensamento bakhtiniano, sob orientação do professor Dr. Roberto Victorio. Desenvolve conceitos na área musical, tais como, musicar, musicagem, musigagística, musicagista, além dos conceitos convergência, divergência, insurgência e seus desdobramentos na linha de força intitulada "Estética do ser". Desenvolve o Sistema Harmônico Numerológico Pitagórico (SHNP) ou Tratado de Harmonia Numerológica Pitagórica (THNP). Também desenvolve o sistema de escrita da língua de sinais, chamado VisoGrafia. Participa dos grupos de pesquisa Relendo Bakhtin (REBAK), do Núcleo de Estudos de Composição e Interpretação da Música Contemporânea e REBAK SENTIDOS. Pós-graduado em LIBRAS - Língua Brasileira de Sinais, pesquisando os sinais da área musical. Graduado em música pela mesma universidade (2011). Estudou composição com os professores Roberto Victorio, Ticiano Rocha e Cristina Dignart. Estudou flauta doce com a professora Marília Cortez e atualmente está sob orientação de Renata Pereira. Na III Semana de Capacitação de Professores Suzuki, promovida pela Associação Musical Suzuki de São Paulo, cursou Filosofia Suzuki com Shinobu Saito e Flauta doce - Livro 1 com Mary Waldo. Tem experiência em composição musical, tem conhecimento em performance musical, nos instrumentos: flauta doce e flauta doce Boehm (transversa adaptada), além de ter atuado na docência de música e história da arte.

Referências

BARROS, Mariângela Estelita. ELiS – Escrita das Línguas de Sinais: proposta teórica e verificação prática. Tese. Doutorado. Programa de Pós-graduação em Linguística. Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, 2008.
BARROS, Mariângela Estelita. ELiS: sistema brasileiro de escrita das línguas de sinais. Porto Alegre: Penso, 2015.
BARRETO, Madson; BARRETO, Raquel. Escrita de sinais sem mistérios. Vol. 1. Belo Horizonte: edição do autor, 2012.
BAKHTIN, Mikhail M.; VOLOCHINOV, Valentín N. Marxismo e filosofia da linguagem: problemas fundamentais do método sociológico na ciência da linguagem. São Paulo: HUCITEC, 12ª ed., 2006.
BENASSI, Claudio Alves. Poesis da Libras e da Escrita das Línguas de Sinais (ELiS): a utilização da visualidade da língua e da ELiS na poética de Duarte. Círculo de Estudos de Escrita das Línguas de Sinais. Anais. Cuiabá, 2015. Disponível em http://falangemiuda.com.br/index.php/refami/article/view/36. Acesso em 15 de mai. 2019.
BENASSI, Claudio Alves; DUARTE, Anderson Simão; PADILHA, Simone de Jesus. Poesis da Libras e da Escrita das Línguas de Sinais (ELiS): a utilização da visualidade da língua e da ELiS na poética de Duarte. In.: Revista Diálogos, Cuiabá, v. 3, n. 2, jul.-dez., 2015.
BENASSI, Claudio Alves. Registro da produção literária em Libras em escrita de sinais VisoGrafia: ensaiando procedimentos de análise estrutural. In.: Revista Água Viva, v. 2, n. 1, 2017.
BENASSI, Claudio Alves. O que dizem os números: uma leitura numerológica pitagórica do poema sinalizado Coração Fechado (2017), de Cao Benassi. In.: Revista Água Viva, v. 3, n. 2, ago-dez. 2018.
BENASSI, Claudio Alves; PADILHA, Simone de Jesus. Rimas e métricas nos poemas em língua de sinais. In.: Hon no Mushi – Estudos Multidisciplinares Japoneses, v. 3, n. 4, 2018.
BENASSI, Claudio Alves. VisoGrafia: o problema do conteúdo, material e forma na escrita de sinais. Tese. Doutorado. Universidade Federal de Mato Grosso. Instituto de Linguagens. Programa de Pós-graduação em Estudos de Linguagem, Cuiabá: 2019a.
BENASSI, Claudio Alves. O uso da VisoGrafia para o registro da poética de Duarte: breve análise à la Bakhtin. Revista de Letras Norteamentos, Estudos Linguísticos, Sinop, v. 12, n. 29, p. 235-521, jul./dez. 2019b.
MARTINET, André. [1968] A linguística sincrônica. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 1971.
MARTINET, André. [1975] Elementos de linguística geral. Lisboa: Clássica Editora, 2014. MARTINS, M. S. C. Oralidade, escrita e papéis sociais na infância. Campinas, SP: Mercado das Letras, 2008. – (Série gêneros e formação).
ROSA, Fabiano Souto. Literatura surda: criação e produção de imagens e textos. In.: ETC – Educação Temática Digital, Campinas, v. 7, n. 2, 58-64, jun. 2006.
SÉRRIOT, Patrick. Volochinov e a filosofia da linguagem. Tradução de Marcos Bagno. – 1. ed. – São Paulo: Parábola Editorial, 2015.
SILVA, Rita Maria da; BENASSI, Claudio Alves. Rimas e métricas em poemas sinalizados. In. Seminário de Educação, 25º, 2017, Cuiabá: Educação, diversidades, culturas, sujeitos e saberes. Anais, Cuiabá, Universidade Federal de Mato Grosso, 2017, p. 476-480.
STUMPF, Marianne Rossi. Aprendizagem de escrita da língua de sinais pelo sistema SignWritting: línguas de sinais no papel e no computador. Tese. Doutorado. Programa de Pós-graduação em Informática na Educação. Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Porto Alegre, 2005.
VYGOTSKY, Levi S. A formação social da mente: o desenvolvimento dos processos superiores. Orgs. Michael Cole... [et al.]; tradução de José Cipolla Neto, Luís Silveira Menna Barreto, Solange Castro Afeche. – 7ª ed. – São Paulo: Martins Fontes, 2007. – (Psicologia e pedagogia).
VYGOTSKY, Levi S. Pensamento e linguagem. Tradução de Jefferson Luiz Camargo; revisão técnica José Cipolla Nelo. – 4ª ed. – São Paulo: Martins Fontes, 2008. – (Psicologia e pedagogia).
Publicado
2019-11-01