CONEXÕES ENTRE A COMPOSIÇÃO MUSICAL E A ESTÉTICA JAPONESA EM “TOOROS NA RIBEIRA”

  • Thales Godoi Nunes UDESC
  • Acacio Tadeu de Camargo Piedade Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC)
Palavras-chave: estética japonesa, processos criativos, música contemporânea

Resumo

O presente artigo procura apresentar o processo criativo da obra musical Tooros na Ribeira, para violão solo, de minha autoria. Essa obra foi desenvolvida a partir de alguns pontos da estética japonesa, que serão elucidados no artigo. Foi realizada uma investigação acerca dos atributos que caracterizam essa estética, para então demonstrar como ela pôde ser incorporada na composição.

Biografia do Autor

Acacio Tadeu de Camargo Piedade, Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC)

Possui graduação em Música (Composição) pela Universidade Estadual de Campinas (1985), mestrado e doutorado em Antropologia pela Universidade Federal de Santa Catarina (1997, 2004), Pós-Doutorado em Musicologia na Université de Paris Sorbonne (2011) e Pós-Doutorado em Composição na Hochschule für Musik Franz Liszt - Weimar, Alemanha (2019). Professor Associado no Departamento de Música e membro do corpo docente do Programa de Pós-Graduação em Música da Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC). Ministra disciplinas, pesquisa e orienta pesquisas nas áreas de Composição, Análise e Musicologia.

Referências

DAIGO, Masao. Pequena história da imigração Japonesa no Brasil. São Paulo, 2008.
GONÇALVES, Rogério Bessa. O sincretismo de culturas sob a ótica da arquitetura vernácula do imigrante japonês na cidade de Registro. São Paulo. Anais do Museu Paulista. N. Sér, v. 16, n.1, p. 11- 46, jan./jun. 2008.
KEENE, Donald. Japanese Aesthetics. In: Philosophy East and West, vol. 19, n. 3, p. 293-306. University of Hawaii Press, 1969.
KOELLREUTTER, Hans-Joachim. A nova imagem do mundo: Estética, Estruturalismo e Planimetria. in: Revista Música, São Paulo, v.2, n.2: 85-90. nov. 1991.
KOSTKA, Stefan. Twentieth-Century Music. 2. ed. New Jersey: Prentice Hall, 1999.
MARRA, Michael. (ed.). Modern Japanese Aesthetics: a Reader. Honolulu: University of Hawai’i Press, 1999.
OKANO, Michiko Ikishi. A estética wabi-sabi: complexidade e ambiguidade. Ars, vol. 16, n. 32, p. 173-195. Universidade de São Paulo, 2018.
OKANO, Michiko Ikishi. Ma: entre espaço da comunicação no Japão - Um estudo acerca dos diálogos entre Oriente e Ocidente. Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (tese). São Paulo, 2007.
RICHIE, Donald. A Tractate on Japanese Aesthetics. Berkeley, CA: Stone Bridge Press, 2007.
ROWELL, Lewis Eugene. Thinking about music: an introduction to the philosophy of music. University of Massachusetts Press, 1983.
SHIODA, K. J.; YOSHIURA, E.V.; NAGAE, N. H. (Orgs.). Dô – caminho da arte: do belo do Japão ao Brasil. Sao Paulo: Editora UNESP, 2013.
SILVA, Diogo César Porto da. A estética Japonesa é uma Poética. in: Revista de Filosofia do IFCH da Universidade Estadual de Campinas, v. 2, n. 3., jan./jun. Campinas, 2018.
SINZATO, Alice Yume. Vazio intervalar: o espaço do corpo e da roupa. Universidade do Estado de Santa Catarina (dissertação). Florianópolis, 2015.
TAKEMITSU, Tōru. My perception of time in traditional Japanese music, Contemporary Music Review, p. 9-13, 1987.
Publicado
2019-09-25