FESTIVAIS AMAZÔNICOS E UNIVERSIDADE: EXPERIÊNCIAS EM UM PROJETO DE EXTENSÃO

  • Evandro Jorge Souza Ribeiro Cabo Verde Universidade Federal do Amazonas (UFAM)
  • Lionela da Silva Corrêa Universidade Federal do Amazonas (UFAM)
  • Cássio Lucas Silva de Lima

Resumo

É notório que os festivais amazônicos fazem parte da cultura de um povo e os traços disso são refletidos no ambiente educacional. Este estudo tem por objetivo relatar a influência dos festivais amazônicos na construção do espetáculo artístico em um programa de dança, atividades circenses e ginástica, o Prodagin. O Prodagin é um programa de extensão institucionalizado da Universidade Federal do Amazonas – UFAM e realiza anualmente uma mostra, a mostra Prodagin que reúne todas as turmas que desenvolvem atividades de dança, artes circenses e ginástica. No ano de 2019 o programa realizou a sua V Mostra tendo como título do segundo espetáculo Amazônia: um canto de esperança. Embalada com canções dos festivais de Parintins, a mostra teve a intenção de passar uma mensagem positiva acerca da preservação da natureza, oportunizando que as pessoas refletissem sobre as atitudes do homem em relação ao desmatamento.

 

Palavras-chave: Festivais; Universidade; Extensão

Biografia do Autor

Lionela da Silva Corrêa , Universidade Federal do Amazonas (UFAM)

Professora da Faculdade de Educação Física e Fisioterapia – FEFF/UFAM -Mestre em Ciências da Saúde – Universidade Federal do Amazonas.

Publicado
2021-07-01