A IMPORTÂNCIA DA DOAÇÃO DE SANGUE: EXPERIÊNCIAS DO PIBID EM UMA ESCOLA PÚBLICA NO MUNICÍPIO DE HUMAITÁ-AM (BRASIL)

  • Marlon Pinheiro Barros Universidade Federal do Amazonas (UFAM)
  • Samuel Magalhães Caetana Universidade Federal do Amazonas (UFAM)
  • Jacilma de Siqueira Pinho Salvador SEDUC-AM, HUMAITÁ, AMAZONAS (BRASIL)
  • Viviane Guedes de Oliveira Universidade Federal do Amazonas (UFAM)
  • Jorge Almeida de Menezes Universidade Federal do Amazonas (UFAM)
  • Renato Abreu Lima Universidade Federal do Amazonas (UFAM)

Resumo

A doação de sangue é uma das ações mais nobres que uma pessoa pode fazer em relação à outra. É um ato de demonstração de afeto, amor e, ainda, de maior dignidade a condição humana. Vamos destacar a importância de doar sangue e incentivar este tipo de doação. Os bancos de sangue do país estão constantemente precisando de doadores, alguns tipos sanguíneos menos comuns ficam em estados críticos de estoque, em alguns períodos do ano. Esse projeto teve como objetivo avaliar concepção de estudantes do ensino médio da escola pública Estadual Oswaldo Cruz em relação à importância da doação de sangue. O trabalho foi desenvolvido, com os alunos do ensino médio, no período matutino. Com o intuito de demonstrar para os alunos a importância da realização da doação de sangue. A proposta metodológica baseou-se pela metodologia ativa, sendo planejada e executada através de propostas didáticas como: folder, fitilhos, banner, seminários, documentários, peça teatral e faixas. O trabalho foi realizado com 140 estudantes, de ambos os sexos, apresentavam idade entre 14 e 18 anos. Com base nos resultados da primeira atividade de verificação do conhecimento prévio sobre sangue com os estudantes, os resultados foram satisfatórios, em virtude de 100% dos alunos saber a importância da doação de sangue. No decorrer do desenvolvimento das atividades a comunidade escolar como gestores, professores, coordenares, supervisores e os alunos absorveram conhecimentos e aprendizados em relação ao tema proposto. Com a execução das atividades evidenciou que os alunos têm um enorme entendimento sobre a questão da doação de sangue, ou seja, um assunto bastante relevante para comunidade escolar e divulgado pela mídia. Trata-se de um procedimento seguro realizado por uma equipe de profissionais competentes, com materiais descartáveis e sem oferecer risco ao doador. Portanto, a doação é um ato de solidariedade que pode surgir por meio espontâneo, ou vinculado a um determinando paciente.

Palavras-chave: Comunidade escolar. PIBID. Saúde. 

Biografia do Autor

Marlon Pinheiro Barros , Universidade Federal do Amazonas (UFAM)

Graduando do Curso de Licenciatura em Ciências: Biologia e Química, Universidade Federal do Amazonas - UFAM.

Samuel Magalhães Caetana , Universidade Federal do Amazonas (UFAM)

Graduando do Curso de Licenciatura em Ciências: Biologia e Química, Universidade Federal do Amazonas - UFAM

Jacilma de Siqueira Pinho Salvador , SEDUC-AM, HUMAITÁ, AMAZONAS (BRASIL)

Possui graduação Licenciatura em Ciências Biológicas, pós-graduação e Educação Ambiental Universidade Cândido Mendes, Mestrado em Ciências Ambientais, linha de pesquisa Componentes e dinâmicas dos ecossistemas com ênfase no bioma amazônico pela Universidade Federal do Amazonas. Atualmente, é docente da Secretaria de Educação e Qualidade de Ensino do Amazonas em Humaitá AM.

Viviane Guedes de Oliveira , Universidade Federal do Amazonas (UFAM)

Possui graduação em Química/ Bacharelado pela Universidade Federal do Amazonas e mestrado em Química Orgânica pela Universidade Federal do Amazonas. Atualmente é professor do magistério superior da Universidade Federal do Amazonas.

Jorge Almeida de Menezes , Universidade Federal do Amazonas (UFAM)

Bacharelado em Química pela Universidade Federal do Amazonas - UFAM. Pós-Graduação Lato Sensu em Metodologia do Ensino Superior pela Universidade Federal do Rondônia - UFRO. Mestrado em Química Analítica pela Universidade Federal do Amazonas. Doutor em Física Ambiental pela Universidade Federal do Mato Grosso. Professor do Programa de Pós-Graduação em Ciências Ambientais-PPGCA, Professor do Programa de Pós-Graduação em Ciências e Humanidades-PPGCH. Professor de Química do Instituto de Educação Agricultura e Ambiente de Humaitá da Universidade Federal do Amazonas (IEAA/UFAMUFAM

Renato Abreu Lima , Universidade Federal do Amazonas (UFAM)

Possui graduação em Ciências Biológicas (Licenciatura e Bacharelado) pelo Centro Universitário São Lucas, Especialista em Gestão Ambiental pela mesma instituição, Mestre em Desenvolvimento Regional e Meio Ambiente pela Universidade Federal de Rondônia (UNIR) e Doutor em Biodiversidade e Biotecnologia pela Universidade Federal do Amazonas (UFAM). Atualmente, é professor do Magistério Superior da Universidade Federal do Amazonas (UFAM).

Publicado
2021-07-01

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##