A QUÍMICA E O COTIDIANO: CONCEPÇÕES SOBRE O ENSINO DE QUÍMICA NAS SALAS DE AULA

  • José Antonio de Sousa SEDUC-PI
  • Bruna Rafaela Silva Ibiapina

Resumo

O conhecimento químico é parte integrante e de fundamental importância no desenvolvimento humano. Assim, pesquisar como ocorre sua aplicação na educação nacional, torna-se algo bastante relevante, pois dados obtidos sobre este questionamento pode servirem de base para o aperfeiçoamento do sistema educacional do país, tornando-o, consequentemente, cada vez melhor. Desta forma, a presente pesquisa fundamenta-se em um estudo de duas instituições de ensino, uma da rede estadual e outra da rede federal de ensino, buscando investigar se estas instituições apresentam no decorrer da prática pedagógica dos seus docentes, relações entre o ensino da química e o cotidiano, ou seja, se há contextualização do ensino, conforme orienta os PCNs. O trabalho traz resultados que demonstram algumas das principais prioridades do ensino destas instituições, de diferentes níveis, mas com gráficos de resultados relativamente semelhantes. Os resultados apontam que a presença do debate ou questionamentos entre professor e alunos durante a prática pedagógica em sala é algo ainda a se melhorar nestas instituições. Noticia-se que as escolas priorizam um ensino de química conteudista, ainda atrelado ao tradicionalismo, na qual os professores buscam contextualizar o ensino de forma pouco frequente. No estudo foi observado pouca participação dos alunos durante as aulas. Contudo, também podemos apontar que é bastante interessante que os discentes destas instituições entendem a química como uma disciplina fundamental na sua formação cidadã.

 

Palavras-chave: Ensino de química. Cidadania. PCNs. Química e cotidiano.

 

Biografia do Autor

José Antonio de Sousa , SEDUC-PI

Doutorando em Química (2020) pela Universidade Federal do Piauí (UFPI).

Mestre em Química (2015) pela Universidade Estadual do Piauí (UESPI).

Graduado em Química (2010) pelo o Instituto Federal do Piauí (IFPI).

Docente da Secretaria Estadual de Educação do Piauí (SEDUC-PI).

 

Bruna Rafaela Silva Ibiapina

Mestranda em Química (2019) pela Universidade Estadual do Piauí (UESPI).

Especialista em Ensino de Ciências (2017) pelo o Instituto Federal do Maranhão (IFMA).

Graduada em Química (2012) pela Universidade Estadual do Piauí (UESPI).

Publicado
2021-07-01