AS PRÁTICAS EDUCATIVAS PARENTAIS E SUAS CORRELAÇÕES COM O DESEMPENHO ACADÊMICO: UMA REVISÃO SISTEMÁTICA

  • Aislan José de Oliveira
  • Marisol Rocha Justino
  • Vanessa Silva de Souza
  • Luiz Roberto Marquezi Ferro
  • Manuel Morgado Rezende Universidade Metodista de São Paulo

Resumo

As práticas educativas parentais, são compostas pelas estratégias utilizadas pelos pais na criação dos filhos, que acabam por influenciar no desenvolvimento biopsicossocial, bem como sua integração e adaptação à escola. Objetivo: Como forma de reflexão este estudo teve por objetivo investigar a partir da literatura, de que modo as diferentes práticas parentais podem influenciar no desempenho acadêmico de crianças do ensino fundamental. Método: A presente pesquisa trata-se de uma revisão sistemática da literatura de natureza qualitativa e descritiva, baseada na recomendação PRISMA. A seleção dos artigos foi realizada por meio da leitura de títulos e resumos, adotando como critérios de inclusão artigos produzidos no período de janeiro de 2010 a dezembro de 2019 escritos na língua portuguesa, cujo objetivo fizesse referência direta ao tema deste estudo. Foram excluídos artigos relacionados aos estudos com estudantes do ensino médio e pré-escola.  Resultados: A partir da aplicação dos critérios de exclusão e inclusão resultaram em 198 artigos e foram selecionados 4 que contemplavam o objetivo principal da pesquisa. Discussão: A partir da análise dos resultados foi possível observar que as práticas parentais podem ser atribuídas como um dos fatores relevantes ao desempenho acadêmico. Considerações finais: Constata-se a partir da leitura dos artigos selecionados que a postura parental pode gerar consequências positivas ou negativas a criança em meio ao contexto escolar.

Palavras-chave: estilos parentais, cuidados parentais, desempenho acadêmico, evasão escolar.

Publicado
2020-07-01