NO SANGUE ESCORRIDO

TAKASEBUNE, HAN NO HANZAI E A MORTE

  • Fabio Pomponio Saldanha Universidade de São Paulo
Palavras-chave: Mori Ogai, Shiga Naoya, Ética, Literatura Moderna

Resumo

Entendendo a literatura como uma instituição na qual se pode ou não dizer tudo, este trabalho tenta conciliar a essa definição uma problemática discursiva em torno da morte. Os contos selecionados parecem de alguma forma não se opor ao sugerido, porém, trazem complicações tanto para o entendimento da obra quanto para a forma na qual seu conteúdo é narrado, assim, busca-se entender como morte, literatura e ética podem se relacionar em estruturas narrativas que partem de um elemento tão díspar como, por exemplo, o assassinato.

Referências

BARGEN, Doris G. Suicidal honor: General Nogi and the writings of Mori Ôgai and Natsume Sôseki. Honolulu. University of Hawaii Press, 2006.
DERRIDA, Jacques. Essa estranha instituição chamada Literatura: uma entrevista com Jacques Derrida. Tradução de Marileide Dias Esquerda. Belo Horizonte: Editora da UFMG, 2014.
DILWORTH, David A. & RIMER, J. Thomas. The Historical Fiction of Mori Ogai. UNESCO Collection of Representative Works: Japanese Series. Honolulu: University of Hawaii Press, 1991.
DUNLOP, Lane. “Translator’s Preface”. In NAOYA, Shiga. Shiga Naoya: The paper door and other stories. Tradução de Lane Dunlop. Tóquio: Charles E. Tuttle Company, Inc., 1992..
HUFFPOST Brasil. “Pés de lótus": estas imagens expõem a realidade barbara de uma tradição antiga”. Em: . Acesso em 20 de Abril de 2020.
KARATANI, Kōjin. Origins of Modern Japanese Literature. Tradução de Brett de Bary. Londres: Duke University Press, 1993.
LATOUR, Bruno. Reflexão sobre o culto moderno dos deuses fe(i)tiches. Tradução de Sandra Moreira. Bauru: EDUSC, 2002.
MORI, Ôgai. “Takasebune”. Disponível em . Acesso em 20 de Abril de 2020.
____. “Resignation no setsu”. Em: . Acesso em 20 de Abril de 2020.
NATALI, Marcos. A literatura em questão. Tese de Livre Docência: Universidade de São Paulo, 2016.
RUBIN, Jay. Injurious to Public Morals: Writers and the Meiji State. Seattle: University of Washington Press, 1984.
SHIGA, Naoya. “Han no Hanzai”. Disponível em . Acesso em 2 de Abril de 2020.
WALLACE, David Foster. “Pense na Lagosta”. In: Ficando longe do fato de já estar meio que longe de tudo. Tradução de Daniel Galera e Daniel Pellizzari. São Paulo: Companhia das Letras, 2005. Edição eletrônica, s/p.
Publicado
2020-08-22