PROMOÇÃO DA QUALIDADE DE VIDA DA PESSOA IDOSA NO SERVIÇO DE CONVIVÊNCIA E FORTALECIMENTO DE VÍNCULOS – SCFV.

  • Clenilton Martins Faria Psicogerontologia pela Faculdades Educatie (EDUCATIE).
  • Daieny Panhan Theodório Doutora em Engenharia Biomédica pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC).

Resumo

RESUMO 

O Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) é uma unidade pública responsável pela organização e a oferta dos serviços, programas e benefícios da Proteção Social Básica (PSB) do Sistema Único de Assistência Social (SUAS) nas áreas com maior índice de riscos e vulnerabilidades sociais. Neste sentido, um dos serviços ofertados ao idoso por meio deste equipamento é o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV). Com foco em uma atuação preventiva, protetiva e proativa, este é um serviço ofertado em grupo, onde são abordados temas específicos sobre o processo de envelhecimento humano, e realizadas atividades específicas para esta população. Deste modo, este estudo tem como objetivo investigar as principais contribuições do SCFV para promoção da qualidade de vida da pessoa idosa. O método utilizado foi a revisão narrativa, com base em diversos materiais físicos e virtuais: livros, dissertações, artigos e demais publicações ligadas ao tema, disponíveis nos principais sites de pesquisa acadêmica, utilizando como palavras-chave: Proteção Social Básica; Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos; população idosa e qualidade de vida. Com base na realização deste estudo foi possível compreender que o SCFV contribui para promoção da qualidade de vida da população idosa à medida que fortalece a função protetiva do idoso, previne a ruptura dos vínculos familiares e comunitários, potencializa o protagonismo e autonomia, promove espaços coletivos de escuta e troca de vivências, viabiliza o acesso e usufruto de direitos, e favorece o acesso aos demais serviços setoriais quando necessário.

 

Palavras – Chave: Idoso. Proteção Social Básica. SCFV. Qualidade de vida.

 

ABSTRACT

The Social Assistance Reference Center (CRAS) is a public unit responsible for organizing and offering services, programs and benefits of the Basic Social Protection (PSB) of the Unified Social Assistance System (SUAS) in the areas with the highest risk index and social vulnerabilities. In this sense, one of the services offered to the elderly through this equipment is the Service of Coexistence and Strengthening of Bonds (SCFV). With a focus on preventive, protective and proactive action, this is a service offered in groups, where specific topics about the human aging process are addressed, and specific activities are carried out for this population. Thus, this study aims to investigate the main contributions of the SCFV to promote the quality of life for the elderly. The method used was the narrative review, based on several physical and virtual materials: books, dissertations, scientific papers and other publications related to the theme, available on the main academic research sites, taking as keywords: Basic Social Protection; Coexistence and Strengthening Service; elderly population and quality of life. Based on the realization of this study, it was possible to understand that the SCFV contributes to the promotion of the quality of life of the elderly population as it strengthens the protective function of the elderly, prevents the rupture of family and community bonds, enhances protagonism and autonomy, promotes collective spaces for listening and exchanging experiences, enables access and usefruct of rights, and favors access to other sector services when necessary. 

Keyword: Elderly. Basic Social Protection. SCFV. Life quality.

Biografia do Autor

Clenilton Martins Faria, Psicogerontologia pela Faculdades Educatie (EDUCATIE).

Mestrando em Psicogerontologia pela Faculdades Educatie (EDUCATIE). Especialista em Psicologia Social pela Universidade Santo Amaro (UNISA). Especialista em Psicologia da Saúde pela Faculdade Cidade Verde (FCV). Graduado em Psicologia pela Universidade Vale do Rio Doce (UNIVALE). Graduado em Pedagogia pela Faculdade Integrada de Brasília (FABRAS).

E-mail: cleniltonfaria@hotmail.com

Daieny Panhan Theodório, Doutora em Engenharia Biomédica pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC).

Doutora em Engenharia Biomédica pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Mestre em Psicologia Escolar pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-Campinas). Graduada em Psicologia pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC).

E-mail:

Doutora em Engenharia Biomédica pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Mestre em Psicologia Escolar pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-Campinas). Graduada em Psicologia pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC).

E-mail: daieny.theodorio@faculdadeseducatie.edu.br

Fonte: Kemel Barbosa (2021).
Publicado
2021-06-05