DIETA DE SEIS ESPÉCIES DE ANUROS TERRESTRES EM REMANESCENTE FLORESTAL NO LESTE DO ESTADO DO ACRE

  • Brenda Chaves Almeida Universidade Federal do Amazonas - UFAM
  • Marcelo Menin Universidade Federal do Amazonas - UFAM
Palavras-chave: Amplitude de nicho, Especialização em dieta, Composição da dieta, Dieta de anuros

Resumo

Estudos com dieta de anuros foram desenvolvidos, principalmente, em ambientes florestais ou mesmo em áreas alteradas. No entanto, estudos em fragmentos florestais são raros. Já que a fragmentação florestal promove mudanças no ambiente é esperado que a dieta das espécies de anuros também tenha alterações. Este é o primeiro estudo com dieta de anuros desenvolvido com espécies coletadas em fragmento florestal na região Amazônica. O objetivo do presente estudo foi caracterizar a composição da dieta de anuros em remanescente florestal na Fazenda Amoty, município de Plácido de Castro/AC. Foram analisados o conteúdo estomacal de Adenomera hylaedactyla, Engystomops freibergi (Leptodactylidae), Rhinella gr. Margaritifera (Bufonidae), Allobates femoralis (Aromobatidae), Elachistocleis muiraquitan e Elachistocleis bassleri (Microhylidae). O material foi coletado no período de setembro de 2014 a fevereiro de 2015 por meio de armadilhas de queda (pitfalltraps) compostas por copos plásticos de 500 mL. Termitidae (Isoptera) foi o táxon com maior volume consumido por A. hylaedactyla, correspondendo a 15,70% do volume de todos os itens de presa registrados na dieta da espécie, seguido por larvas de Coleoptera (9,28%), Imaturos (8,58%) e Dermaptera (7,65%). Ponerinae (Hymenoptera, Formicidae) (18,7%) foi o item de maior volume consumido por R. gr. margaritifera, seguido por Termitidae (Isoptera) (10,87%) e insetos imaturos não identificados (39,28%) foram os mais volumosos na dieta de A. femoralis. Em geral, anuros são considerados generalistas (Duellman & Trueb, 1994) e isto pode ser observado na composição da dieta de A. hylaedactyla, R. gr. margaritifera e A. femoralis, as quais apresentaram a dieta composta principalmente por presas pertencentes à diferentes Ordens e Famílias de insetos. Dentre as três espécies citadas acima R. gr. margaritifera apresentou a maior amplitude de nicho.

Publicado
2021-06-23
Como Citar
ALMEIDA, B. C.; MENIN, M. DIETA DE SEIS ESPÉCIES DE ANUROS TERRESTRES EM REMANESCENTE FLORESTAL NO LESTE DO ESTADO DO ACRE. Revista Ensino, Saúde e Biotecnologia da Amazônia, v. 3, n. esp., p. 26, 23 jun. 2021.
Seção
Evento Científico: Resumos Simples