Capacitação de acadêmicos do Instituto de Saúde e Biotecnologia em suporte básico de vida

Autores

  • Elane da Silva Barbosa Universidade Federal do Amazonas (UFAM), Campus Coari, Coari – AM
  • Géssica Nainara Reis Gomes Universidade Federal do Amazonas (UFAM), Campus Coari, Coari – AM
  • Grace Anne Andrade da Cunha Universidade Federal do Amazonas (UFAM), Campus Coari, Coari – AM

Resumo

Introdução: O presente resumo aborda a participação de estudantes de ciências da saúde do Instituto de Saúde e Biotecnologia no Programa Institucional de Bolsas de Extensão como integrantes do Projeto “Treinamento e Capacitação de Socorristas em Suporte Básico de Vida (SBV)”. O SBV consiste em técnicas de abordagem de socorro inicial a uma vítima por algum tipo de acidente – desde pequenas lesões, acidentes por animais peçonhentos e traumas – ou mal súbito, que pode ser realizado por leigos capacitados ou profissionais de saúde, a fim de manter estáveis os sinais vitais enquanto espera-se o socorro ou resgate para o atendimento especializado. Objetivo: Relatar a experiência vivida por acadêmicos durante a participação da capacitação sobre prestação de socorro a uma pessoa em situação de urgência ou emergência. Metodologia: Participaram desta capacitação, vinte acadêmicos dos cursos de Enfermagem, Fisioterapia e Medicina, os quais foram previamente selecionados por meio de uma prova de conhecimentos gerais sobre primeiros socorros. A seguir, professores dos cursos de Enfermagem e Medicina iniciaram as capacitações dos discentes durante duas semanas no total de 20 horas, com aulas expositivas e práticas em manequins de treinamento. Foram abordados nove temas sobre SBV, tais como: Noções de Segurança e Sinalização aos socorristas, Reanimação Cardiopulmonar (RCP), fraturas e luxações, hemorragias, choque, acidentes por animais peçonhentos, desmaio e vertigens, afogamentos e ferimentos por armas branca e de fogo. Ao final da capacitação, como forma de avaliação dos mesmos e não de forma eliminatória, foi realizada outra prova de conhecimentos com os temas abordados durante a capacitação, para que dessa forma pudesse ser avaliado o rendimento do grupo. Conclusão: A partir deste projeto, os acadêmicos capacitados tiveram a oportunidade de adquirir conhecimento adequado quanto a realização de primeiros socorros no dia a dia. Assim como, tornaram-se multiplicadores deste conhecimento a outras pessoas, sejam elas leigas no assunto ou que atuem na área da saúde e que necessitam de reciclagem. Outro fator importante a ser considerado é que, ao participar desta capacitação, os acadêmicos ficaram mais alertas e encontram-se mais preparados para agir diante de situações de emergência, mantendo a calma e a agilidade diante das ocorrências. E deste modo, permitir um atendimento de socorro de qualidade e que possibilite aumentar a sobrevida da vítima enquanto aguarda o atendimento especializado.

Downloads

Publicado

2019-06-27

Como Citar

BARBOSA, E. da S.; GOMES, G. N. R.; DA CUNHA, G. A. A. Capacitação de acadêmicos do Instituto de Saúde e Biotecnologia em suporte básico de vida. Revista Ensino, Saúde e Biotecnologia da Amazônia, [S. l.], v. 1, n. especial, p. 1, 2019. Disponível em: //periodicos.ufam.edu.br/index.php/resbam/article/view/5673. Acesso em: 29 jan. 2023.