AGRICULTURA CAMPONESA E CULTURA POPULAR NA AMAZÔNIA: UM ESTUDO SOBRE O FESTIVAL FOLCLÓRICO DO CARÁ EM CAAPIRANGA (AM

  • Gabriel Augusto Nogueira dos Santos
  • Fernando Monteiro Melo

Resumo

A manifestação cultural relacionada ao cará em Caapiranga carrega consigo elementos do fortalecimento e da resistência do modo de vida camponês e a cultura popular como forma de valorizar a produção do tubérculo e a cultura da Amazônia. Os objetivos deste artigo são pautados na identificação, análise e compreensão das relações existentes no âmbito cultural e econômico no município, localizado na região do Rio Solimões. A metodologia é baseada na revisão de literatura e coleta de dados em âmbito primário e secundário, cujos aspectos estão presentes nas relações dos papéis sociais, em uma visão qualitativa. A partir disso, nota-se uma forte influência do capital tanto na agricultura camponesa, quanto na mercantilização da festa popular, a partir das influências das demais manifestações populares da Amazônia. Portanto, o município de Caapiranga acaba por sofrer diversos impactos relacionados ao capital, tornando a resistência, tanto no campesinato, quanto na festa popular, uma chave de alianças para a valorização e expressão da economia e cultura do município.

Palavras-chave: campesinato; festa popular; resistência; agricultura; Amazônia.

Biografia do Autor

Gabriel Augusto Nogueira dos Santos

Mestrando em Geografia e Graduado em Bacharelado em Geografia pela Universidade Federal do Amazonas. Atualmente é graduando em Tecnologia em Logística pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amazonas.

Fernando Monteiro Melo

Mestrando em Geografia e Graduado em Licenciatura em Geografia pela Universidade Federal do Amazonas.

Publicado
2021-07-01