PREVENÇÃO DO SUICÍDIO: O OLHAR DO DOCENTE DA REDE PÚBLICA DE ENSINO EM MANAUS

  • Luziane Vitoriano da Costa
  • Kenne Samara Andrade Martins
  • Rômulo Chaves Pereira de Oliveira
  • Daniel Cerdeira de Souza
  • Sônia Maria Lemos
  • Eduardo Jorge Sant’Ana Honorato

Resumo

O suicídio é um fenômeno universal, multicausal e atemporal considerado um problema grave de saúde pública e os dados apontam que este fenômeno é a segunda causa de morte no grupo cuja faixa etária é de 15 a 29 anos em todo mundo, sendo a quarta causa no Brasil entre jovens da mesma faixa etária. Neste estudo, buscou-se compreender o olhar do docente da rede pública acerca da prevenção do suicídio. Para isso, selecionaram-se 15 docentes de escolas da rede pública do ensino fundamental e médio. Utilizou-se a análise do discurso como método de coleta e análise de dados. Os resultados apontaram que o diálogo e a empatia proporcionam acolhimento para que os alunos se sintam aceitos em sua dor e possam falar abertamente sobre o tema. Todavia, docentes mencionam que ainda há despreparo e tabu para se abordar a respeito do suicídio. Identificou-se a necessidade de elaborar projetos que envolvam a prevenção do suicídio a fim de que a gestão, professores, colaboradores em geral se sintam preparados para fazerem a identificação, manejo e encaminhamento de possíveis casos.

Palavras-chave: docentes; suicídio; diálogo; empatia; tabu.

Publicado
2020-07-22