CAPACIDADE DE RESPOSTA DAS INSTITUIÇÕES EDUCACIONAIS NO PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM FACE À PANDEMIA DE COVID-19: IMPASSES E DESAFIOS

  • Telma Luis Nhantumbo Universidade Pedagogica de Maputo/Mocambique

Resumo

O artigo apresenta reflexões sobre a capacidade de resposta das Instituições Educacionais no processo de ensino frente à actual crise de COVID-19. Considerando que a pandemia alterou a dinâmica em todas as áreas de actividade social, económica e cultural desde a declaração do Estado de Emergência, facto que levou as Instituições Educacionais adaptarem novos modelos pedagógicos. Nesse sentido, o propósito deste estudo consistiu em analisar como as Instituições do Ensino Superior organizaram e planificaram as suas actividades para dar respostas aos problemas provocados pelo COVID-19, bem como o nível de conhecimento apresentado pelos professores e alunos no uso das tecnologias de informação durante as práticas de ensino - aprendizagem. Os dados foram recolhidos a partir de respostas dos participantes das Instituições do Ensino Superior dentre eles, três responsáveis pedagógicos, três professores e três alunos que responderam a uma entrevista sobre a eficácia das diferentes estratégias definidas pelas Instituições Educacionais para levar avante as práticas pedagógicas face ao COVID-19 que assola o País. Os resultados deste estudo evidenciaram a deficiente preparação dos professores e alunos pelo facto da pandemia ter lhes colhido de surpresa, bem como as dificuldades e as necessidades sentidas por estes, em lidar com as diferentes plataformas digitais durante as suas interacções online, apesar das Instituições Educativas terem reorganizado e replanificado as actividades para contornar a pandemia de COVID-19.

 

Palavras Chave: Educação à Distância, Instituições Educacionais, Processo de Ensino, Tecnologias de Informação.

 

Publicado
2020-07-08