A FORMAÇÃO DO PSICÓLOGO PARA A PREVENÇÃO E O COMBATE À VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER NO BRASIL: UMA DUOETNOGRAFIA

  • Lalesca Cristina Souza Meira Universidade de Sorocaba
  • Yohans Fernando Nazaré da Silva Universidade de Sorocaba
  • Leandro Limoni de Campos-Fonseca Universidade de Sorocaba

Resumo

A violência contra a mulher é um tema atual e pertinente. Portanto, para lidar com essa demanda é necessário que os profissionais sejam capacitados. Pensando nisso, este estudo busca refletir sobre como se deu o processo de formação dentro desse contexto para alunos de graduação em Psicologia da Universidade de Sorocaba. Para realizar esta pesquisa narrativa duoetnográfica, utilizou-se de diários de campo, os quais relatam a experiência no estágio específico de Saúde I e II, realizado na Delegacia de Defesa da Mulher de Votorantim. Para realizar a discussão, foram utilizados documentos institucionais que organizam a formação em Psicologia em nível nacional e regional, juntamente com as referências técnicas de atuação na área e as experiências relatadas nos diários de campo. A reflexão  possibilitou identificar lacunas na formação acerca da temática violência contra a mulher.

 

Palavras-chave: Violência contra a mulher; Psicologia; Saúde da Mulher; Duoetnografia; Formação.

Publicado
2020-07-08