BRASIL, QUE PAÍS É ESSE? O CONTEXTO EM QUE SE INSERIU O CONGADO

  • Tatiane Pereira de Souza Universidade Federal de Uberlândia (UFU)

Resumo

O objetivo deste artigo é abordar o contexto social e histórico que a congada se inseriu a partir da chegada dos primeiros escravizados africanos. A discussão segue na compreensão das dinâmicas das relações étnicorraciais que foram estabelecidas nesse território, cuja formação envolveu relações tensas e de poder de um grupo social em detrimento dos demais, em especial da opressão forjada pela elite branca de descendência europeia contra a população africana e de seus descendentes negros. Assim, apresentamos uma discussão que visa a desconstrução do imaginário social que reforça não somente a ideia de que a escravidão no Brasil foi branda, mas que também tenta esconder o passado que assenta e estrutura as desigualdades sociais presentes ainda hoje no país. Trazer essa discussão para a cena atual é compreender o quanto as relações entre brancos e não brancos no país são tensas e permeadas pela violência e discriminação históricas, geradas como consequência do racismo que ainda estrutura e perpassa por todas as dimensões e instituições presente na sociedade brasileira.

 

 

Palavras-Chave: Brasil, Relações Étnicorraciais, Racismo. Negros. Congado.

Publicado
2020-07-08