A IMPORTÂNCIA DA ATUAÇÃO DO PSICÓLOGO NO CONTEXTO DAS POLÍTICAS PÚBLICAS INCLUSIVAS (TEA0)

  • Giovanna Almeida Rodrigues
  • Laura Sayuri Goya
  • Leandro Limoni de Campos-Fonseca Curso de Psicologia da Uniso

Resumo

O presente trabalho tem como finalidade identificar as possibilidades de atuação dos profissionais da Psicologia no contexto das políticas educacionais inclusivas, em particular com as crianças diagnosticadas com Transtorno do Espectro Autista (TEA). Para tabulação e análise dos resultados foi utilizado um estudo qualitativo, exploratório e descritivo, baseado na análise de conteúdo de artigos científicos e documentos institucionais relevantes para o tema e, a partir disto, refletiu-se o problema da atuação do psicólogo no contexto escolar e das possibilidades de atuação voltadas para o processo de inclusão da criança diagnosticada com TEA. Foi observado que a participação do psicólogo pode contribuir em diversos eixos dentro do ambiente escolar, refletindo com a equipe escolar como ocorre o cotidiano na sala de aula e na escola. Estas indicações serviram de base para destacar as possibilidades de contribuição do psicólogo no processo de inclusão escolar e enfatizar a importância do projeto de lei 3.688/2000 que dispõe sobre a prestação de serviços de psicologia e de assistência social nas escolas públicas de educação básica.

 

Palavras-chave: Autismo; inclusão; Psicologia; Educação

Biografia do Autor

Leandro Limoni de Campos-Fonseca , Curso de Psicologia da Uniso

Psicólogo, Mestre em Ciências pela USP (Área de Concentração: Psicologia Social). Membro do Colegiado Docente do Curso de Psicologia da Uniso.

Publicado
2020-07-01