A COMUNICAÇÃO NO AMBIENTE HOSPITALAR: UM OLHAR SOB A PERSPECTIVA DE MICHEL FOUCAULT

  • Adriana R C Oliveira
  • Henrique C. S. Redman
  • Maria Eduarda de O. Gouveia

Resumo

O presente trabalho baseia-se na atuação do Psicólogo no ambiente hospitalar e nos relatos de experiências dos psicólogos do Hospital e Pronto Socorro 28 de Agosto e da Maternidade Azilda da Silva Marreiro da cidade de Manaus-AM, somadas às discussões, análises e ideias decorrentes da leitura e discussão dos textos de Michel Foucault “Aula de 7 de novembro de 1973” da obra O poder psiquiátrico (1973) e “O nascimento do hospital” do livro Microfísica do Poder (1974) e aprendizados da disciplina Biopolítica, Poder Disciplinar e Constituição do Sujeito em Michel Foucault do Programa de Pós-Graduação em Psicologia da Universidade Federal do Amazonas. Sendo assim, esse artigo tem como objetivo propiciar uma reflexão sobre o trabalho do psicólogo e o processo de comunicação médico-paciente-equipe de saúde, considerando sua importância no período de internação em que o acolhimento familiar e uma comunicação efetiva podem auxiliar a vivência do adoecimento, seu enfrentamento e a uma melhor compreensão do diagnóstico.

 

Palavras chave: Psicologia Hospitalar, Acolhimento Familiar, Comunicação, equipe de saúde.

Publicado
2020-07-01