A MULHER NAS ENTRELINHAS DO TEXTO EM TERRA CAÍDA

Autores

  • Denir Silva de Souza SEDUC
  • Veronica Prudente Costa

Resumo

Este estudo tem como objetivo analisar as representações da mulher nas entrelinhas do texto, na obra Terra Caída. Discutimos os papeis da mulher sob novo enfoque, buscando dar ênfase ao protagonismo feminino, e como esses papeis foram construídos e ofuscados pelo discurso do narrador. Como fundamentação teórica, tivemos como suporte Almeida (2008); Bourdieu (2012); Butler (2016); Spivak (2010); Woolf (2014). Ao enveredarmos na discussão sobre as a mulher nas entrelinhas da narrativa, tivemos como foco a análise de personagens femininas como Rosinha, Laura e Anália e dona Chiquinha na obra de Potyguara. Através da pesquisa, buscamos desconstruir o discurso de superioridade, que concebia a mulher  dentro dos padrões construídos culturalmente no século XIX e meados do século XX, quando a mulher ainda estava dentro de um espaço privado, que lhe dava direito apenas de cuidar do lar, de ser boa mãe, dedicada aos afazes domésticos, obediente ao pai e ao marido. Inicialmente as personagens femininas são evidenciadas ressaltando as suas caraterísticas físicas de maneira que incitam o desejo masculino. Mas buscamos sutilezas deixadas pelo narrador que mostraram a nosso ver o empoderamento feminino, mas que ficaram ofuscados pela maneira como o narrador as descrevem, intencionando nos conduzir a um juízo de valor, cujos alicerces estão centrados na visão patriarcal que o narrador usa para descaracterizar algumas personagens femininas. Assim posto, dizemos que a mulher, independente da hostilidade do seringal, tomou atitudes que demostram empoderamento e enfrentamento contra a ordem do patriarcado.

Palavras chaves: Empoderamento feminino; Terra Caída; gênero.

Downloads

Publicado

2022-04-29

Edição

Seção

ARTIGOS (DOSSIÊ)