CHAMADA PARA O VOLUME 10, NÚMERO 19, 2022/1 – A VIAGEM DE OSMAN LINS, DESVELO DO MUNDO

2021-12-17

As viagens sempre pareceram aos viajantes eventos tão especiais, que muitas vezes chegam a escrever diários sobre elas, tendo sempre em mente a noção exata da importância crucial de seus registros. Nelas, sempre entreveem a possibilidade de quebrar a monotonia de tudo, imprimindo à vida um ritmo de surpresa e de descobertas. Funcionam, pois, de dois modos: ensinando-lhes o que não sabiam até o seu momento preciso (na medida em que fazem com que eles confrontem novas realidades, novas pessoas, novas culturas) e levando-os à compreensão – ao mesmo tempo – do quanto seu mundo é limitado e do quanto ainda pode ser expandido. No momento presente de uma viagem, fundem-se, inapelavelmente - como se num turbilhão de reminiscências e de projeções - o passado e o porvir: o que são e o que ainda poderão vir a ser, o que têm e o que ainda poderão vir a ter. “Comment consentir en mourir sans faire au moins le tour de sa prisón?” são palavras de Montaigne que atestam ser o ato de viajar algo imprescindível à existência humana. Se o mundo é vasto e a vida curta, as viagens conseguem proporcionar um redimensionamento do espaço, além de ampliar a percepção que temos do tempo.

Considerando tudo o que vem dito acima, A Revista Decifrar escolheu a viagem como tema desta edição, para marcar os 60 anos da primeira viagem ao exterior feita por Osman Lins e que tanta experiência lhe acrescentou nas esferas humana e da arte da escrita. Assim, receberemos textos com a temática viagem na obra de Osman Lins de estudiosos do Brasil e do exterior que se interessam pela sua obra.

Os textos devem ser submetidos até o dia 30 março de 2022. A publicação da edição ocorrerá em junho de 2022.   

Editores/Organizadores desta edição: 

 

Dra. Elizabeth Hazin (UnB)

Dra. Maria Aracy Bonfim (UFMA)

Dr. Cacio José Ferreira (UFAM)