Artesanías em palha de tucumã e memória: tecendo territorialidade e relações socioculturais

  • Thais Helena Medeiros Universidade Federal do Amazonas
Palavras-chave: Artesãos, memória coletiva, mobilidade territorial, redes socioculturais, rio Arapiuns

Resumo

O estudo relata algumas reflexões sobre a memória coletiva e a mobilidade territorial das redes socioculturais de artesãos de objetos em palha de tucumã, habitantes das margens do rio Arapiuns, município de Santarém, Estado do Pará. As mediações dialogam entre as teorias selecionadas e o trabalho de campo distinguindo sociedades amazônicas em movimentação, geografando espaços artesanais em suas ressignificações culturais, percorrendo novas experiências. São contribuições para uma análise de maior amplitude no âmbito do projeto de pesquisa do Mestrado em Sociologia, na Universidade Federal do Amazonas (PPGS/Ufam). A pesquisa de campo foi organizada em um enfoque interativo nas ciências sociais a partir do referencial teórico interpretativo no fundamento etnográfico.

 


Biografia do Autor

Thais Helena Medeiros, Universidade Federal do Amazonas
Mestre em sociologia pelo Programa de Pós-Graduação em Sociologia – PPGS da Universidade Federal do Amazonas – UFAM.
Seção
Artigos