PSICOLOGIA MACROCULTURAL: UM ESTUDO TEÓRICO

  • Jéssica C. da Silva Universidade Federal do Amazonas (UFAM)
  • Felippe Otaviano P. Fernandes Universidade Federal do Amazonas (UFAM)
  • Marcelo Calegare Universidade Federal do Amazonas (UFAM)
  • Adriana R. C. de Oliveira Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)

Resumo

A psicologia macrocultural é uma ramificação da psicologia cultural e foi desenvolvida por Carl Ratner, com a finalidade de promover processos de mudança social. Tal teoria tem como princípio central a concepção de que os fenômenos psicológicos possuem como base a cultura, a qual é constituída por fatores macroculturais, sendo eles as instituições sociais, os artefatos e os conceitos culturais. Assim, Ratner propõe que é por meio da transformação da cultura que se torna possível processos de mudança tanto na constituição dos fenômenos psicológicos, quanto na própria sociedade. Diante disso, esse artigo tem como proposta realizar um estudo teórico sobre a psicologia macrocultural, por meio da literatura produzida pelo próprio teórico, bem como da literatura produzida no Brasil, buscando, sobretudo, aprofundar e divulgar essa teoria que tem sido pouco estudada no país. Por fim, vale destacar que esse estudo possibilita conhecer a importância que essa teoria assume para a construção da crítica, da compreensão e da mudança dos processos prejudiciais que ocorrem nas diversas sociedades culturais e que limitam o desenvolvimento ideal das pessoas.

PALAVRAS-CHAVES: Psicologia Macrocultural, Cultura, Fatores Macroculturais, Fenômenos Psicológicos, Mudança Social.

Biografia do Autor

Marcelo Calegare, Universidade Federal do Amazonas (UFAM)

Prof. Dr. Coordenador do PPGPSI, UFAM - Universidade Federal do Amazonas, Manaus/AM. Av. General Rodrigo Octávio, n 6200, Bloco X, Setor Sul, CEP 69080-900, Coroado I, Manaus-AM; Contato (92) 33051181, ramal 2583

Publicado
2020-07-30