USO DAS REDES SOCIAIS NA INTERNET PELOS ADOLESCENTES: UMA REVISÃO DE LITERATURA

  • Adriana Farias Portugal
  • Júlio César Pinto de Souza Centro Universitário FAMETRO, Manaus/AM

Resumo

O presente trabalho teve como objetivo discutir possíveis efeitos comportamentais de adolescentes diante do uso excessivo da internet e as mídias sociais no convívio familiar e social. Este trabalho foi resultante de uma pesquisa a partir de uma revisão bibliográfica, de cunho qualitativo. Foram utilizadas fontes de livros, dissertações, teses, monografias e arquivos digitais como manuscritos em língua portuguesa e inglesa (textos completos) inseridos nas bases do SciELO e Google acadêmico. Foi realizada uma leitura analítica com a finalidade de ordenar e discutir as informações contidas nas fontes de forma que esta possibilita a obtenção de respostas ao problema da pesquisa. Com base na pesquisa foi possível observar que o uso da internet e redes sociais quando usadas compulsivamente tiveram resultados que sugeriram uma interferência comportamental nos adolescentes, visto  que esses apresentaram alteração comportamental e labilidade emocional quando privados do uso. Entende-se que há necessidade de compreender melhor os processos psicológicos relacionados com que a temática envolve. Verifica-se que deve ser oferecida uma atenção especial aos adolescentes não exclusivamente por parte da família, mas também do Estado, da escola e da sociedade em geral que devem assumir ações comprometidas, integradas e consolidadas na conscientização para o uso saudável das tecnologias digitais. Para estudos posteriores, acredita-se que a produção científica pode contribuir com estudos voltados para uma atuação preventiva de modo a formalizar as medidas cabíveis dos problemas decorrentes do uso excessivo da internet e redes sociais virtuais.    

Palavras - chave: adolescentes, internet, interferência comportamental, tecnologias digitais.

Publicado
2020-07-30