ESTÁGIO SUPERVISIONADO: UM OLHAR REFLEXIVO PARA A FORMAÇÃO DOCENTE E A CONSTRUÇÃO DA IDENTIDADE PROFISSIONAL

  • Francisco Igo Leite Soares Universidade Federal do Oeste do Pará – UFOPA
  • Maria da Luz Duarte Leite Silva Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN
  • Glauce Vitor da Silva
  • Thiago Almeida Vieira Universidade Federal do Oeste do Pará - UFOPA

Resumo

O presente trabalho procura dialogar sobre a importância do Estágio Supervisionado enquanto mediação entre o aprender, a pesquisa e a construção da identidade profissional. Neste sentido, tem por desiderato analisar e descrever como os estagiários da Universidade Estadual do Rio Grande do Norte/UERN, Campus de Patú – CAP desenvolvem as etapas dessa atividade. Metodologicamente, caracteriza-se como uma pesquisa de campo, de cunho descritivo e interpretativo, orientada por uma abordagem qualitativa e quantitativa. Para a sustentação teórica, subsidiou-se, em estudos realizados por autores como: Kleiman (2008), Geraldi (2000), Martins (2007), Pimenta e Lima (2009), Wagner Silva (2012), Imbernón (2010), entre outros que discutem a temática em questão. Os resultados apontam que o trabalho desenvolvido pelos alunos estagiários, e o professor coordenador do estágio, possibilitou uma ampla reflexão sobre a relevância desse componente curricular teórico-prático, para a formação profissional docente. Percebeu-se, ainda, ser necessário que os professores-colaboradores do estágio, procurem implementar a pesquisa no seu trabalho docente, de modo a contribuir para a formação de profissionais, capazes de mediatizar conhecimentos na busca pela emancipação do sujeito.

PALAVRAS CHAVES: Docência. Estágio. Formação docente. Pesquisa.   

Biografia do Autor

Maria da Luz Duarte Leite Silva, Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN

Doutora em Letras pelo Programa de Pós–Graduação em Estudos da Linguagem – PPgEL, do Departamento de Letras da Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN.

Publicado
2020-07-30