[1]
Carvalho, M.V. de 2020. Mulher negra na arena pornô-erótica do pós-abolição carioca:: embates entre o feminino gentrificado do Rio Nu e o feminino vivificante de Gilka Machado. Canoa do Tempo. 11, 2 (maio 2020), 177-208. DOI:https://doi.org/10.38047/rct.v11i2.6655.