Sobre a Revista

    A Revista Hon no Mushi  - Estudos Multidisciplinares Japoneses, periódico semestral, pertence ao Curso de Letras - Língua e Literatura Japonesa da Universidade Federal do Amazonas (UFAM). Desde a sua constituição, 2016, com o intuito de publicar os textos científicos oriundos do  Grupo de Pesquisa Estudos Japoneses CNPq/UFAM e de investigações realizadas por  pesquisadores de diversas instituições acadêmicas e países, vem promovendo diversos e variados eventos, além de induzir investigações que instigam a apreensão crítica e o desempenho crescente e comprometido da atividade de pesquisa por parte dos estudantes e demais envolvidos no percurso dos Estudos Japoneses.

    A Revista Hon no Mushi abrange, ainda, diversas e diferenciadas áreas do rico e controvertido universo japonês. Como os autores dos artigos e os integrantes do grupo de pesquisa pertencem a instituições acadêmicas nacionais e internacionais, a publicação pode ser realizada em japonês, inglês, espanhol e português, com o intuito de conferir mais alcance às pesquisas e conquistar mais leitores e interessados nesse vasto campo de conhecimento.

    Portanto, eis a Revista Hon no Mushi. Convidamos cada um a mergulhar nas provocações críticas, considerações analíticas e proposições literárias e linguísticas dos especialistas selecionados nas nossas edições. A qualidade dos trabalhos aqui publicados deriva de incontestáveis dedicação e comprometimento por parte dos investigadores, apresentando, assim, a seriedade e a credibilidade que o texto científico deve suscitar, bem como o consequente espírito crítico e reflexivo que sustém a Academia.

 

PROCESSO DE AVALIAÇÃO PELOS PARES

Todos os textos, sem exceção, serão avaliados por pareceristas, mantido o anonimato mútuo.

 

PERIODICIDADE

Periodicidade semestral.

 

POLÍTICA DE ACESSO LIVRE

     A revista Hon no Mushi oferece acesso livre e imediato a todos os textos publicados. Esse periódico entende que o conhecimento científico deve ser acessado gratuitamente por todos, ampliando a difusão e a democratização da pesquisa. 

Todo o conteúdo do periódico, exceto quando houver indicação expressa do contrário, está licenciado por Licença Creative Commons, atribuição BY-NC.

 

ARQUIVAMENTO

     Esse periódico utiliza o sistema LOCKSS para criar um sistema de arquivo distribuído entre as bibliotecas participantes e permitindo a criação de arquivos permanentes da revista para a preservação e restauração. 

 

CONSELHO EDITORIAL

Andrei dos Santos Cunha (Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil)

Eduardo Dias da Silva (Universidade de Brasília, SEDF, Brasília – DF, Brasil)

Francisco Alves Gomes (Universidade Federal de Roraima, UFRR, Boa Vista, RR, Brasil)

Francismar Ramírez Barreto (Universidade de Brasília, UnB, Brasília-DF/Caracas -Venezuela)

Hiroki Okada (Kobe University – Japan)

Juciane dos Santos Cavalheiro (Universidade Estadual do Amazonas, UEA, Manaus – AM, Brasil)

Kinya Sugiyama (Kanazawa University – Japan)

Linda Midori Tsuji Nishikido (Universidade Federal do Amazonas, UFAM, Manaus – AM, Brasil)

Luísa Leite Santos de Freitas (Universidade de Brasília, UnB, Brasília-DF)

Lucas Antunes Furtado (Universidade Federal do Amazonas, UFAM, Manaus – AM, Brasil)

Monica Setuyo Okamoto (Universidade Federal do Paraná, UFPR, Curitiba - PR, Brasil)

Norival Bottos Junior (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, UEMS Jardim - MS, Brasil)

Patrícia Nakagome Trindade (Universidade de Brasília, UnB, Brasília – DF, Brasil)

Rita do Perpétuo Socorro Barbosa de Oliveira (Universidade Federal do Amazonas, UFAM, Manaus – AM, Brasil) 

Saturnino José Valladares López (Universidade Federal do Amazonas, UFAM, Manaus – AM, Brasil)

Serge Dominique Margel (Université de Lausanne, Suiça)

Stephanie Soares Girão (Universidade Federal do Amazonas, UFAM, Manaus – AM, Brasil)

Udo Satoshi (Meiji University, Japan)

Wagner Barros Teixeira (Universidade Federal do Amazonas, UFAM, Manaus – AM, Brasil)

Wiliam Alves Biserra (Universidade de Brasília, UnB, Brasília – DF, Brasil)

Yûki Mukai (Universidade de Brasília, UnB, Brasília – DF, Brasil)

Yûsuke Sakai (Kagoshima University – Japan)

 

DIRETRIZES ÉTICAS

     A revista Hon no Mushi  postula o engajamento de se manter alinhada com as diretrizes estipuladas pela Comissão de Integridade na Atividade Científica do CNPq (http://www.cnpq.br/web/guest/diretrizes) e as recomendações de ética em publicação para autores, editores e avaliadores do Committee on Publication Ethics – COPE (http://publicationethics.org/).

a) Os editores investigam cada artigo, evitando más-práticas e comportamentos antiéticos relacionados à publicação. Qualquer espécie de plágio é e será veemente combatido e denunciado;

b) Ao enviarem textos científicos à revista, os autores, automaticamente, atestam que os conteúdos dos artigos são originais, inéditos ou são textos oriundos de publicações preprint. Declaram, ainda, que o texto científico enviado não foi publicado, completo ou incompleto, em outro periódico, ainda que em outra língua, nem foi submetido a outro periódico simultaneamente, exceto se for uma publicação preprint. Além disso, comprometem-se a informar à Hon no Mushi quando detectarem algum erro ou imprecisão em seu trabalho (publicado ou não) e a colaborar com os editores para que seja feita a devida correção do artigo;

c) Os trabalhos submetidos à Hon no Mushi serão avaliados de forma concisa e por seu conteúdo intelectual, sem discriminação de raça, gênero, língua, orientação sexual, religião, origem geográfica ou pensamento político pelos editores e pareceristas. Além disso, a confidencialidade em relação aos autores e avaliação de seus trabalhos será respeitada por todos os integrantes internos e externos da revista;

d) A Hon no Mushi usa o software CopySpider para detecção de plágio. Dessa forma, se o trabalho submetido apresentar algum conteúdo já publicado pelo autor ou de outra pessoa, os avaliadores deverão reportar aos editores imediatamente;

Quaisquer desvios e outros casos não previstos nessa declaração devem ser informados ao editor-chefe da revista, que tomará as providências cabíveis para sanar o problema apresentado.

 

DIRETRIZES DE AVALIAÇÃO

     A relevância científica e seu alinhamento em relação às diretrizes, ao foco e ao escopo da revista são os alvos primeiros. Caso esteja de acordo com a diretrizes, a avaliação prosseguirá pelas etapas:

a) Avaliação técnica: ação concretizada pelos editores do Núcleo Editorial da Hon no Mushi. Esse núcleo avaliará o interesse do artigo para a revista e seu potencial de publicação.

b) Avaliação ad hoc: avaliação externa, realizada no sistema duplo-cego, por especialistas designados em função do tema do artigo. Esta fase considerará a importância do problema, a atualidade do tema, a contribuição aos estudos japoneses, a originalidade do tema, domínio da discussão, fundamentação teórica, a clareza dos objetivos, a pertinência da argumentação, estrutura e organização do artigo, linguagem e qualidade da escrita, relação entre resumo e o artigo, uso adequado das palavras-chave, consistência e atualidade da bibliografia utilizada.

c) Avaliação final: os editores de seção, a partir das pontuações realizadas pelos pareceristas (no mínimo dois, podendo ser mais, em caso de controvérsia), verificarão a fidelidade do parecer em relação ao artigo proposto e encaminharão o resultado da avaliação à Comissão Editorial para avaliação final. Por fim, a Comissão Editorial, composta pelos editores, o editor-chefe e os organizadores – no caso dos dossiês temáticos – deliberarão a respeito da publicação do artigo. O resultado final da avaliação do artigo poderá ser: aprovar, aprovar com ajustes ou rejeitar. 

 

PRAZOS

     O processo de avaliação até a decisão final em relação à publicação durará 6 (seis) meses em média. O volume de artigos em avaliação e da disponibilidade de pareceristas determinarão o prazo. Contudo, a revista preza pela rapidez e qualidade.

 

TAXA DE PROCESSAMENTO DE ARTIGOS

A revista Hon no Mushi não coleta nenhum tipo de taxa dos autores para submissão, processamento e publicação de manuscritos. Tudo é realizado gratuitamente.

 

FONTES DE FINANCIAMENTO

     As edições da revista Hon no Mushi  contam com recursos da:

a) Universidade Federal do Amazonas (UFAM).

 

INDEXADORES

     A revista Hon no Mushi está incluída em:

 INDEXADORES

Actualidad Iberoamericana

Citefactor 

ERIH Plus

Latindex

ReserchBib

 

DIRETÓRIOS

Diadorim

Livre

WorldCat