MÚSICA E IDENTIDADE: GÊNEROS MUSICAIS COMO MEMÓRIA DE UM LUGAR

  • Dalila Naiara Costa Henrique da Silva Universidade Federal do Amazonas
  • Amélia Regina Batista Nogueira Universidade Federal do Amazonas

Resumo

Esta pesquisa busca compreender a territorialidade do migrante interestadual, expressa no bairro Tancredo Neves, na cidade de Manaus. Ao migrar o sujeito traz consigo, sua cultura expressa de diferentes formas, na pesquisa ressaltaremos a identidade musical do migrante. As músicas de sua terra natal, representam o lugar de onde ele veio. Podem manter viva sua memória afetiva, fazendo-o recordar de seu lugar, influenciando a sociedade manauara a ouvir em seu cotidiano, gêneros musicais para além do boi bumbá, valorizando a cultura do brega, tecnobrega, reggae, forró, carimbó, samba, sertanejo. Transformando a cidade de Manaus, em um lugar de múltiplos sons, expressando múltiplas culturas e identidades musicais.

Publicado
2018-12-17
Como Citar
SILVA, Dalila Naiara Costa Henrique da; NOGUEIRA, Amélia Regina Batista. MÚSICA E IDENTIDADE: GÊNEROS MUSICAIS COMO MEMÓRIA DE UM LUGAR. REVISTA GEONORTE, [S.l.], v. 9, n. 33, p. 197-202, dez. 2018. ISSN 2237-1419. Disponível em: <http://periodicos.ufam.edu.br/revista-geonorte/article/view/4992>. Acesso em: 16 jan. 2019. doi: https://doi.org/10.21170/geonorte.2018.V.9.N.33.197.202.
Seção
Anais do Seminário de Projetos do Programa de Pós-graduação em Geografia -UFAM