AS NOÇÕES DE PAISAGEM: UMA ABORDAGEM MULTIDISCIPLINAR PARA O DIAGNÓSTICO AMBIENTAL E A GESTÃO TERRITORIAL Landscape Notions: a Multidisciplinary Approach to Environmental Diagnosis and Territorial Management

  • Mariza Ferreira da Silva UFPR - Universidade Federal do Paraná - PPGGEO - Programa de Pós-Graduação em Geografia - Doutoranda em Geografia - Bolsista CAPES

Resumo

Este artigo é resultado de pesquisa epistemológica sobre as variadas noções de paisagem, a partir de uma abordagem multidisciplinar. A metodologia aplicada, de natureza descritiva e analítico-interpretativa, possibilitou o diálogo entre saberes de diversos campos de conhecimentos, na interface da geografia. A psicologia e a fenomenologia da percepção, a arquitetura e a arte, a ecologia e geoecologia ofereceram aportes conceituais e metodológicos. A síntese da contribuição epistemológica de alguns autores, por meio da revisão bibliográfica, permitiu compreender os significados da paisagem em diferentes matrizes paradigmáticas. Diante da constatada multiplicidade conceitual e da revalorização da paisagem como objeto de estudo, bem como da complexidade atual, o trabalho de investigação explorou uma possibilidade de abordagem contemporânea, capaz de subsidiar o planejamento e o ordenamento territorial. Do ponto de vista teórico, os recursos analíticos demonstraram ser relevantes para investigar a diferenciação paisagística. Do ponto de vista metodológico, os SIGs – Sistemas de Informações Geográficas foram considerados as bases fundamentais para o georreferenciamento e a análise espacial das paisagens sistêmicas, pois possibilitam a produção cartográfica de dados e fenômenos espacializados.    

Referências

AB’SÁBER, A. Os domínios de natureza no Brasil: potencialidades paisagísticas. 1ª ed. São Paulo: Ateliê Editorial. 2003. ISBN 978-85-7480-596-2.
ADLER, M. J.; DOREN, C. V. Como ler livros: o guia clássico para a leitura inteligente. Tradução de Edward Horst Wolff e Pedro Sette Câmara. São Paulo: É Realizações Editora. (Coleção Educação Clássica).
ALAMI, S.; DESJEUX, D.; GARABUAU-MOUSSAOUI, I. Os métodos Qualitativos. Tradução de Luis Alberto S. Peretti. Rio de Janeiro: Petrópolis, Editora Vozes. 2010.
ALMEIDA, F. G. O ordenamento territorial e a geografia física no processo de gestão ambiental. In: SANTOS, Milton; BECKER, Bertha, K. et al. Território, territórios: ensaios sobre o ordenamento territorial. 3ª ed. Rio de Janeiro: Lamparina. 2011. Capítulo 15. p. 332-352. ISBN 978-85-98271-42-2.
BAILLY, A.; FERRAS, H. Éléments d’épistémologie de la géographie. 2ª ed. Paris: Armand Colin. 2006. ISBN 2-200-26670-7. CHRISTOFOLETTI, Antonio. Modelagem de sistemas ambientais. 1ª ed. São Paulo: Blucher. 1999. ISBN 978-85-212-0177-9.
CHRISTOFOLETTI, Antonio. Modelagem de sistemas ambientais. 1ª ed. São Paulo: Blucher. 1999. ISBN 978-85-212-0177-9.
CLAVAL, P. “A volta cultural” na geografia. Mercator, Fortaleza, v. 1, n. 1, jan. 2009. ISSN1984-2201.Availableat: . Date accessed: 11 oct. 2018. doi: https://doi.org/10.4215/rm.v1i1.192.
MATEO RODRIGUEZ, J. M. La concepcion sobre los paisajes vista desde la Geografia. La Habana, Cuba: Universidad de La Habana. Facultad de Geografia. “Año de la Alternativa Bolivariana para las Américas”. Enero, 2005, p. 1-28 (PDF).
MATEO RODRIGUEZ, J. M; SILVA, E. V.; CAVALCANTI, A. P. B. (Orgs.). Geoecologia das paisagens: uma visão geossistêmica da análise ambiental. 2ª ed. Fortaleza: Edições UFC. 2007. ISBN 85-7282-148-1.
MAXIMIANO, L. A. Considerações sobre o conceito de paisagem. Raega - O Espaço Geográfico em Análise, [S.l.], v. 8, dez. 2004. ISSN 2177-2738. Disponível em: . Acesso em: 11 out. 2018. doi:http://dx.doi.org/10.5380/raega.v8i0.3391.
MERLEAU-PONTY, M. Fenomenologia da percepção. Tradução Carlos Alberto Ribeiro de Moura. 4ª ed. São Paulo: Editora WMF Martins Fontes. 2011. ISBN 978-85-7827-116-9.
MONTEIRO, C. A. F.. Geossistema: a história de uma procura, São Paulo. Contexto, 2000 ISBN 87-7244-144-1.
NUCCI, J. C.; FERREIRA, M. B. P.; VALASKI, S. Cobertura do solo e qualidade ambiental urbana como subsídios ao planejamento da Paisagem. In VI CONGRESSO IBEROAMERICANO DE ESTUDIOS TERRITORIALES Y AMBIENTALES, 2014, São Paulo. Estudios Territoriales. São Paulo: DG – FFLCH-USP, 2014. v. 1, p. 2886-2902.
PALLASMAA, J. Os olhos da pele: a arquitetura e os sentidos. Tradução Técnica: Alexandre Salvaterra. Porto Alegre: Bookman. 2011. ISBN 978-85-7780-777-2.
PORTO-GONÇALVES, C. W. A globalização da natureza e a natureza da globalização. 3ª ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira. 2012. ISBN 978-85-200-0683-2
SALINAS, E. A. E. García, B. L. Miravet, R. Remond y E. Cruañas (2013) Delimitación, Clasificación y Cartografía de los Paisajes de la cuenca Ariguanabo, Cuba, mediante el uso de los SIG, Revista Geográfica del IPGH, No. 154 julio-diciembre, p. 9-30.
SALINAS, E. Referências bibliográficas indicadas e notas de aula e palestras. In: Seminário Temático I – Métodos para el diagnostico del paisaje en el ordenamiento y la planificación territorial Programa de Pós-Graduação em Geografia da Universidade Federal do Paraná, Brasil. Origem: Universidad de la Habana. Cuba. 2016.
SANTOS, M. A natureza do espaço: técnica e tempo. Razão e emoção. 4ª ed. São Paulo: EDUSP. 2012. ISBN 978-85-314-0713-0.
SANTOS, R. F. Planejamento ambiental: teoria e prática. São Paulo: Oficina de Textos. 2004. ISBN 978-85-86238-62-8.
SCHIER, R. A. Trajetórias do conceito de paisagem na geografia. Raega - O Espaço Geográfico em Análise, [S.l.], v. 7, dez. 2003. ISSN 2177-2738. Disponível em: . Acesso em: 11 out. 2018. doi:http://dx.doi.org/10.5380/raega.v7i0.3353.
SEGUINOT, J. Globalization of the Landscape or Puerto Rico. In Globalization in America: a geographical approach: Instituto de estudios del Caribe, San Juan. P. R. 1996, p. 79-92.
Tuan, Yi-Fu. Topophilia: a study of environmental perception, attitudes, and values. New Jersey: Prentice Hall – Englewood Cliffs, 1974 ISBN 10.0139252304.
VITTE, A. C. O desenvolvimento do conceito de paisagem e a sua inserção na geografia física (the development of landscape concept and its interaction with physical geography). Mercator, Fortaleza, v. 6, n. 11, p. p. 71 a 78, nov. 2008. ISSN 1984-2201. Available at: . Date accessed: 11 oct. 2018.
Publicado
2018-12-15
Como Citar
FERREIRA DA SILVA, Mariza. AS NOÇÕES DE PAISAGEM: UMA ABORDAGEM MULTIDISCIPLINAR PARA O DIAGNÓSTICO AMBIENTAL E A GESTÃO TERRITORIAL Landscape Notions: a Multidisciplinary Approach to Environmental Diagnosis and Territorial Management. REVISTA GEONORTE, [S.l.], v. 9, n. 33, p. 16-36, dez. 2018. ISSN 2237-1419. Disponível em: <http://periodicos.ufam.edu.br/revista-geonorte/article/view/4882>. Acesso em: 18 jun. 2019. doi: https://doi.org/10.21170/geonorte.2018.V.9.N.33.16.36.
Seção
Revisão Teórico-conceitual