USO E OCUPAÇÃO DO SOLO E SUA ASSOCIAÇÃO COM A TEMPERATURA DA SUPERFÍCIE TERRESTRE NO MUNICÍPIO DE BAIXIO – CE/ Use and occupation of the soil and its association with the terrestrial surface temperature in the municipality of Baixio – CE

  • Diêgo Lima Crispim Universidade Federal do Pará/Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil
  • Paulo Eduardo Silva Bezerra Universidade Federal do Pará
  • Rodrigo Silvano Silva Rodrigues Universidade Federal do Pará
  • Artur Sales de Abreu Vieira Universidade Federal do Pará
  • Fábio Venilson de Sousa Pereira Universidade Federal do Pará
  • Lindemberg Lima Fernandes Universidade Federal do Pará

Resumo

Este trabalho teve como objetivo analisar as modificações no uso e ocupação do solo e verificar sua associação com a temperatura da superfície terrestre do município de Baixio — CE no intervalo de 1986 a 2016. Neste estudo foram empregadas as bandas 3, 4 e 5 do sensor TM/Landsat 5 e das bandas 4, 5 e 6 do OLI/Landsat 8 para observar as alterações no uso do solo. Para estimar a temperatura da superfície terrestre (TST) foram utilizadas duas imagens multiespectrais (bandas do infravermelho termal), correspondente 6 e 10, com resolução de 30 m, dos satélites Landsat 5 e 8, por meio dos sensores TIRS (Thermal Infrared Sensor) para os anos de 1986, 1996, 2006 e 2016. Para classificação do uso do solo foi aplicado à técnica da Máxima Verossimilhança (MAXVER). Os resultados indicam que no decorrer do período pesquisado as classes de uso e ocupação do solo, a saber, corpo hídrico e floresta tiveram uma redução entre os anos de 2006 e 2016. Os resultados mostram um crescimento contínuo da classe de área antrópica no período analisado. A temperatura da superfície terrestre no município de Baixio apresentou um aumento significativo. Os anos com as maiores médias registradas foram 2006 e 2016, porém, com maior destaque em 2016, em que a predominância da temperatura ficou entre os intervalos de 36 a 40 °C e 40 e 42 °C.

Biografia do Autor

##submission.authorWithAffiliation##

Graduado em Engenharia Ambiental pela Universidade Federal de Campina Grande - UFCG, Especialista em Educação Ambiental e Geografia do Semiárido- IFRN, Mestre em Sistemas Agroindustriais PPGSA /UFCG , com ênfase na linha de pesquisa em Gestão e Tecnologia Ambiental em Sistemas Agroindustriais. Doutorando em Engenharia Civil, com ênfase na área de Engenharia Hídrica.

##submission.authorWithAffiliation##

Graduado em Engenharia Ambiental e Energias Renováveis (UFRA), Mestrando no Programa de Pós-graduação em Engenharia Civil da Universidade Federal do Pará. 

##submission.authorWithAffiliation##

Engenheiro Sanitarista e Ambiental (UFPA), Mestre em Engenharia Civil (UFPA) e Doutorando no Programa de Pós-graduação em Engenharia Civil (UFPA). 

##submission.authorWithAffiliation##

Engenheiro Sanitarista e Ambiental (UFPA), Mestre no Programa de Pós-graduação em Engenharia Civil da Universidade Federal do Pará, área Engenharia hídrica. 

##submission.authorWithAffiliation##

Engenheiro Sanitarista e Ambiental pela Universidade Federal do Pará, Analista Ambiental da Prefeitura Municipal de Santa Luzia do Pará. 

##submission.authorWithAffiliation##

Engenheiro Civil, Doutor em Desenvolvimento Sustentável do Trópico Úmido, Professor da Faculdade de Engenharia Sanitária e Ambiental e da Pós-graduação em Engenharia Civil da Universidade Federal do Pará. 

Referências

ALMEIDA, A. J. P, et al.. Relação entre o Índice de Vegetação e a Temperatura de Superfície na estimativa e identificação das ilhas de calor na cidade de Maceió-AL. Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto - SBSR, 17., 2015, João Pessoa. Anais... João Pessoa: INPE, 2015.

BARBOSA, A. P.; CAMPOS, S.; ZIMBACK, C. R. L.; XAVIER, Z. B.. Comparação de métodos de classificação de imagens na identificação de áreas cultivadas com citros. Revista Energia na Agricultura, Botucatu, vol. 26, n.3, p.14-25, 2011.

BARROS, K. O. et al.. Análise temporal das classes de uso e ocupação da terra na bacia hidrográfica do Rio Vieira, Montes Claros, Minas Gerais. Revista Agrogeoambiental, Pouso Alegre, v. 5, n. 2, caderno I, p. 43-54, ago. 2013.

BEZERRA, J. M.; MOURA, G. B. de A.; SILVA, B. B. da; LOPES, P. M. O.; SILVA, E. F. de F.. Parâmetros biofísicos obtidos por sensoriamento remoto em região semiárida do estado do Rio Grande do Norte, Brasil. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, v.18, n.1, p.73–84, 2014.

CHANDER, G.; MARKHAM, B. L.; HELDER, D. L.. Summary of current radiometric calibration coefficients for Landsat MSS, TM, ETM+, and EO-1 ALI sensors. Remote Sensing of Environment, v.113, p. 893-903, 2009.

COELHO, V. H. R.; MONTENEGRO, S. M. G. L.; ALMEIDA, C. das N.; LIMA, E. R. V. de; RIBEIRO NETO, A.; G. S. S. de MOURA.. Dinâmica do uso e ocupação do solo em uma bacia hidrográfica do semiárido brasileiro. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, v.18, n.1, p.64-72, 2014.

CONGALTON, R.G.; GREEN, K.. Assessing the Accuracy of Remotely Sensed Data: Principles and Practices. Nova York, Boca Raton: Lewis Publishers, 1999. 137 p.

COSTA, A. M. S. da; BEZERRA, P. E. S.; OLIVEIRA, R. S.. Análise da temperatura da superfície terrestre associada à dinâmica do uso e ocupação do solo nos municípios de Belém e Ananindeua, Pará, Brasil. Simpósio de Geotecnologias no Pantanal, 6., 2016, Cuiabá. Anais... Cuiabá: Embrapa Informática Agropecuária/INPE, 2016. p. 957-967

CRISPIM, D. L.; ANDRADE, S. O. de; MENESES, J. A. D. de; CHAVES, A. D. C. G.; BORGES, M. da G. B.. Impactos ambientais decorrentes do uso e ocupação desordenada do espaço urbano: um estudo de caso da cidade de Baixio/CE. Revista Verde de Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável, v 9., n.4, p. 44 - 49, out-dez, 2014.

CRISPIM, D. L.; MENESES, J. A. D. de.; VIEIRA, A. S. de A.; ARAÚJO, L. M. de.; CRUZ, J da S.; SILVA, J. I. S.. Levantamento quali-quantitativo da arborização urbana da cidade de Baixio – CE. Revista Principia, João Pessoa, [S.l.], n. 36, p. 99-106, set. 2017. ISSN 2447-9187. Disponível em: /principia/article/view/972>. Acesso em: 03 maio 2018.

DEMARCHI, J. C.; PIROLI, E. L.; ZIMBACK, C. R. L.. Análise temporal do uso do solo e comparação entre os índices de vegetação NDVI e SAVI no município de Santa Cruz do Rio Pardo - SP usando imagens Landsat-5. Ra'e ga (UFPR), v. 21, p. 234-271, 2011.

EMBRAPA. Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária. Sistema brasileiro de classificação de Solos. 3. ed. rev. ampl. – Brasília, DF: Embrapa, 2013. 353p.

FERREIRA, A. B.; PEREIRA FILHO, W.. Análise do uso e cobertura da terra de três sub-bacias hidrográficas – Rio Grande do Sul/Brasil. Revista Brasileira de Geografia Física, Recife, v. 2, n.03, set-dez, p. 20-36, 2009.

FERREIRA, B.; ZIMMERMANN, D. M.; CRISPIM, L. C.; M. F. FLACH; VIEIRA, C. A. O.. Análise sazonal das temperaturas superficiais do estado de Santa Catarina entre os anos de 2000 e 2010. Congresso Brasileiro de Cartografia, 17., 2017, Rio de Janeiro. Anais... Rio de Janeiro: SBC, 2017. p. 933-937.

FLORENZANO, T.G.. Iniciação em Sensoriamento Remoto. 3. ed. São Paulo: Oficina de Texto, 2011.

GUSSO, A.; FONTANA, D. C.; GONÇALVES, G. A.. Mapeamento da temperatura da superfície terrestre com uso do sensor AVHRR/NOAA. Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, v.42, n.2, p.231-237, 2007.

IBGE. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Censo Demográfico 2010. Rio de Janeiro: IBGE, 2010. Disponível em: . Acesso em: 08 jan. 2018.

IPECE. Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará. Perfil Básico Municipal 2013: Baixio. 2013. Disponível em: . Acesso em: 08 jan. 2018.

KAZMIERCZAK, M.L. et al.. Identificação de área de preservação florestal, através de técnicas de geoprocessamento: abordagem preliminar. In: Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto, 8., 1996, Salvador. Anais... Salvador: INPE, 1996. p. 181-185.

LANDIS, R.; KOCH, G. G.. The measurement of observer agreement for categorical data. Biometrics, v.33, n.1, p.159-174,1977.

LEAL, I.R. et al.. Ecologia e conservação da caatinga. Recife: Ed. Universitária da UFPE, 2003. 822 p.

LEITE, E. F.; ROSA, R.. Análise do uso, ocupação e cobertura da terra da bacia hidrográfica do Rio Formiga, Tocantins. Revista Eletrônica de Geografia, v.4, n.12, p. 90-106, 2012.

MATSUSHITA, B.; XU, M.; FUKUSHIMA, T.. Characterizing the changes in landscape structure in the Lake Kasumigaura, Japan using a high-quality GIS dataset. Ladscape and Urban Planning, v.78, p.241-250, 2006.

MASHIKI, M. Y.; CAMPOS, S.. Influência do uso e ocupação do solo na temperatura aparente da superfície no município de Botucatu/SP. Energ. Agric., Botucatu, v. 28, n.3, p.143-149, jul.-set., 2013.

MENDOZA, M. E.; GRANADOS, E. L.; GENELETTI, D.; PÉREZ-SALICRUP, D. R.; SALINAS, V.. Analysing land cover and land use change process at watershed level: A multitemporal study in the Lake Cuitzeo Watershed, Mexico (1975-2003). Applied Geography, v.31, p.237-350, 2011.

OLIVEIRA, F. L. S.; SILVA, C. A.; SILVA, E. E. S.; ALMEIDA, L. Q.. Classificação dos diferentes tipos de uso do solo nos sistemas ambientais do município de Pacoti, Ceará. Simpósio Brasileiro de Geografia Física Aplicada, 17., 2017, Congresso Nacional de Geografia Física, 1., 2017, Campinas. Anais... Campinas: Instituto de Geociências – UNICAMP, 2017.

PEREIRA, C. C.; MARIANO, Z. F.; WACHHOLZ, F.; CABRAL, J. B. P.. Análise da temperatura de superfície e do uso da terra e cobertura vegetal na bacia Barra dos Coqueiros. Revista Geonorte, Edição Especial 2, v.2, n.5, p.1243 – 1255, 2012.

PONZONI, F. J.; SHIMABUKURO, Y. E.; KUPLICH, T. M.. Sensoriamento Remoto No Estudo da Vegetação. 2. ed. São Paulo: Ofícina de Textos, 2012. 176p.

POLETO, C. Introdução ao gerenciamento ambiental. 1. ed. Rio de Janeiro: Interciencia, 2010. 336p.

QUEIROZ, T. B.; SOUSA, R. dos S.; BALDIN, T.; BATISTA, F. de J.; MARCHESAN, J.; PEDRALI, L. D.; PEREIRA, R. S.. Avaliação do desempenho da classificação do uso e cobertura da terra a partir de imagens Landsat 8 e Rapideye na região central do Rio Grande do Sul. Geociências, São Paulo, v. 36, n. 3, p. 569 - 578, 2017.

SILVA, A.M.; R.M. SILVA; B.B. SILVA.. Determinação de Temperatura da Superfície e Estimativa do Saldo de Radiação e Evapotranspiração Usando Imagens Landsat e Dados Observados. Revista Brasileira de Cartografia, v. 67/6, p. 1203–1216, 2015.

SILVA, E. B. da.; MACÊDO, K. G. de.; FEITOSA, A. K.; ARAÚJO NETO, J. R. de. Variação espacial da precipitação das cidades do centro do sul do estado do Ceará, Brasil. Revista Perspectiva Online, v.6, n.16, p. 27-33, 2016. Disponível em:< http://www.seer.perspectivasonline.com.br/index.php/exatas_e_engenharia/article/vi
ew/640/834>. Acesso em: 17 jan. 2018.

SILVA, J. L. C.; VIDAL, C. A. S.; BARROS, L. M.; FREITA, F. R. V.. Aspectos da degradação ambiental no Nordeste do Brasil. R. gest. sust. ambient., Florianópolis, v. 7, n. 2, p.180-191, abr./jun. 2018.

SILVA, J. M. O.. Uso do sensoriamento remoto para a estimativa da temperatura de superfície na Microbacia do Rio Granjeiro/Crato – Ceará. Geosaberes, Fortaleza, v. 6, n. 2, p. 130 – 144, 2015.

SOUSA, R. F. de; BARBOSA, M. P.; TERCEIRO NETO, C. P. C.; CARVALHO, A. de P.; LIMA, A N. Uso de geotecnologias no diagnóstico da degradação das terras do município de São João do Cariri-PB. Revista Caatinga, Mossoró, v.21, n.1, p.204-210, jan./mar., 2008.

VANZELA, L. S.; HERNANDEZ, F. B.; FRANCO, R. A. M.. Influência do uso e ocupação do solo nos recursos hídricos do Córrego Três Barras, Marinópolis. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, v.14, p.55-64, 2010.
Publicado
2018-12-16
Como Citar
CRISPIM, Diêgo Lima et al. USO E OCUPAÇÃO DO SOLO E SUA ASSOCIAÇÃO COM A TEMPERATURA DA SUPERFÍCIE TERRESTRE NO MUNICÍPIO DE BAIXIO – CE/ Use and occupation of the soil and its association with the terrestrial surface temperature in the municipality of Baixio – CE. REVISTA GEONORTE, [S.l.], v. 9, n. 33, p. 126-140, dez. 2018. ISSN 2237-1419. Disponível em: <http://periodicos.ufam.edu.br/revista-geonorte/article/view/4643>. Acesso em: 16 jan. 2019. doi: https://doi.org/10.21170/geonorte.2018.V.9.N.33.126.140.
Seção
Artigos