IMPLICAÇÕES SOCIOAMBIENTAIS DO PROCESSO DE APROPRIAÇÃO E USO DO RIO PARAÍBA DO MEIO EM VIÇOSA (AL) / Social and environmental implications of the process of appropriation and use of the River Paraíba do meio in Viçosa (AL)

  • Everson de Oliveira Santos Universidade Federal de Alagoas - UFAL/IGDEMA
  • Paulo Ricardo Petter Medeiros Universidade Federal de Alagoas - UFAL
  • Cirlene Jeane Santos e Santos Universidade Federal de Alagoas - UFAL

Resumo

O homem ao longo de sua história evolutiva tem aperfeiçoado, por meio do trabalho, seus instrumentos e técnicas, usando-os para se relacionar com a natureza e transformá-la. O artigo traz o processo de apropriação e uso dos recursos naturais no município de Viçosa – AL, destacando o rio Paraíba do Meio, evidenciando como a população foi transformando a paisagem. Para identificar tal situação realizaram-se estudos de campo (geológicos, geomorfológicos, etc.) e coletas de amostras nas águas do rio para analisar a qualidade da água, mensurando in situ, com a utilização de sonda multiparamétrica YSI 6600, alguns elementos, tais como: oxigênio dissolvido (mg/l), clorofila a (µg/l) e pH. Ao longo da pesquisa foram detectados desmatamento da mata ciliar, dragagem do leito, moradias e atividades econômicas sem controle nas vertentes do rio; identificou-se ainda, concentrações inicias de fósforo, de nitrogênio, dentre outros. Dessa forma, a população do município ao longo de sua história degradou variados recursos da área de drenagem do rio, mediante ações sem gestão e planejamento, tornando o mesmo, atualmente, inapropriado para algumas atividades socioeconômicas.

Biografia do Autor

##submission.authorWithAffiliation##

Mestrando do Curso de Pós-Graduação em Geografia da Universidade Federal de Alagoas (UFAL/IGDEMA). Pós-graduado (Especialização) em Geografia e Meio Ambiente pela Universidade Cândido Mendes (UCAM). Graduado em Geografia Licenciatura na Universidade Federal de Alagoas (UFAL) e está bacharelando Geografia também na UFAL, no Instituto de Geografia, Desenvolvimento e Meio Ambiente (IGDEMA). Foi Pesquisador-Bolsista pela CAPES no Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (PIBID). Foi monitor da disciplina Geografia Agrária no IGDEMA/UFAL. Suas pesquisas têm ênfase nas seguintes áreas: ensino de geografia; avaliação de problemas ambientais; dinâmica homem-natureza e produção do Espaço Geográfico.

##submission.authorWithAffiliation##

Doutor em Geociências (Geoquímica) pela Universidade Federal Fluminense em 2003. Mestre em Ecologia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Graduado em Oceanologia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Atualmente é Professor Associado 4 da Universidade Federal de Alagoas. Publicou 23 artigos em periódicos especializados, 5 artigos completos em anais de eventos, 2 capitulos de livro, e 21 trabalhos em anais de eventos.Participou de 8 eventos no Brasil. Orientou 12 trabalhos de iniciação científica, 13 trabalhos de conclusão de curso (em domínios de conhecimento não especificados) e 1 dissertação de mestrado. Atua na área de Oceanografia, com ênfase em Interações Químico-Biológicas/Geológicas das Substâncias Químicas da Água do Mar. Em suas atividades profissionais interagiu com 23 colaboradores em co-autorias de trabalhos científicos. Em seu currículo Lattes os termos mais freqüentes na contextualização da produção científica, tecnológica e artístico-cultural são: Rio São Francisco, Batimetria, sedimentação, assoreamento, dam, impact, TSS, Estuary, Qualidade da água, dam impacts, Aqüicultura, Baixo São Francisco, Várzea da Marituba, Clorofila e Complexo estuarino, geomorfologia, batimetria. 4

##submission.authorWithAffiliation##

Possui graduação em Geografia Licenciatura pela Universidade Federal da Bahia (1999), e em Geografia Bacharelado pela Universidade Federal da Bahia (2000), Mestrado em Geografia pela Universidade Federal da Bahia (2004) e Doutorado em Geografia (Geografia Humana) pela Universidade de São Paulo (2011). Atualmente é Professora Adjunta I da Universidade Federal de Alagoas. Tem experiência na área de Geografia Humana, com ênfase em Geografia Agrária, atuando principalmente nos seguintes temas: epistemologia da Geografia; luta pela terra; assentamentos rurais; quilombolas e comunidades tradicionais; políticas públicas voltas ao campo e reforma agrária. Atualmente é Editora-chefe da Revista Reflexões e Práticas Geográficas, periódico vinculado ao Instituto de Geografia Desenvolvimento e Meio Ambiente (UFAL).

Publicado
2018-06-29
Como Citar
SANTOS, Everson de Oliveira; MEDEIROS, Paulo Ricardo Petter; SANTOS, Cirlene Jeane Santos e. IMPLICAÇÕES SOCIOAMBIENTAIS DO PROCESSO DE APROPRIAÇÃO E USO DO RIO PARAÍBA DO MEIO EM VIÇOSA (AL) / Social and environmental implications of the process of appropriation and use of the River Paraíba do meio in Viçosa (AL). REVISTA GEONORTE, [S.l.], v. 9, n. 32, p. 45-66, jun. 2018. ISSN 2237-1419. Disponível em: <http://periodicos.ufam.edu.br/revista-geonorte/article/view/4431>. Acesso em: 19 ago. 2018. doi: https://doi.org/10.21170/geonorte.2018.V.9.N.32.45.66.
Seção
Artigos