USO DE VEÍCULO AÉREO NÃO TRIPULADO NA AVALIAÇÃO DE ÁREAS DE PROTEÇÃO PERMANENTE NO MUNICÍPIO DE HUMAITÁ-AM / Use of an aircraft not populated in the evaluation of Areas of Permanent Protection in the municipality of Humaitá / AM

  • Luan Barros Lima Universidade Federal do Amazonas/UFAM
  • Amazonino Lemos Castro Universidade Federal do Amazonas/UFAM
  • Miqueias Lima Duarte Universidade Federal do Amazonas/UFAM
  • Keith Soares Valente Universidade Federal do Amazonas/UFAM

Resumo

No Brasil, as Áreas de Preservação Permanente-APP definidas pela Lei Federal de n° 12.651/12, têm como objetivo a manutenção da área coberta ou não por vegetação nativa, como forma de preservar os recursos hídricos, a estabilidade geológica, a biodiversidade, o fluxo gênico de fauna e flora, atenuação de processos erosivos e assegurar o bem-estar das populações humanas. Este estudo teve por objetivo mapear as áreas de APP com o uso de um VANT e verificar sua conformidade perante a legislação vigente. O estudo foi desenvolvido na área urbana do município de Humaitá, sul do estado do Amazonas, no bairro Nossa Senhora do Carmo, que faz limite com o rio Beem. Foi utilizado um drone para a aquisição das imagens aeroespaciais. A partir das imagens obtidas foi possível observar que o rio Beem deve possuir uma área de APP com largura de 50 metros, conforme estabelecido o Novo Código Florestal. Verificou-se que a área de APP no entorno do rio Beem apresenta um total de 289.031 m² (28.90 ha), sendo que cerca de 12,7% encontra-se irregular. De modo geral, esses locais estão ocupados por áreas residenciais e pequenas indústrias, além de servir como ponto de embarcações e de pequenas balsas, o que provocam vários impactos. Os resultados demostram que o uso do VANT constitui uma excelente ferramenta na obtenção de dados a fim de auxiliar no diagnóstico de problemas sociais e ambientais em contextos urbanos, possibilitando formas de análise em grande escala, e que forneça resposta rápida e de baixo custo.

Publicado
2018-06-29
Como Citar
LIMA, Luan Barros et al. USO DE VEÍCULO AÉREO NÃO TRIPULADO NA AVALIAÇÃO DE ÁREAS DE PROTEÇÃO PERMANENTE NO MUNICÍPIO DE HUMAITÁ-AM / Use of an aircraft not populated in the evaluation of Areas of Permanent Protection in the municipality of Humaitá / AM. REVISTA GEONORTE, [S.l.], v. 9, n. 32, p. 160-170, jun. 2018. ISSN 2237-1419. Disponível em: <http://periodicos.ufam.edu.br/revista-geonorte/article/view/4407>. Acesso em: 16 out. 2018. doi: https://doi.org/10.21170/geonorte.2018.V.9.N.32.160.170.
Seção
Iniciação Científica