O ACESSO GEOGRÁFICO AOS SERVIÇOS DE SAÚDE NA REGIÃO METROPOLITANA DE MANAUS E O PERFIL DA MORTALIDADE/Geographic access to health services in the metropolitan region of Manaus and the mortality profile

  • Larissa Cristina Cardoso dos Anjos Universidade Federal do Amazonas (UFAM)
  • Adoréa Rebello da Cunha Albuquerque UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS
  • Antonio de Pádua Quirino Ramalho UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS

Resumo

A Região Metropolitana de Manaus (RMM) está localizada no setor central da Amazônia, inserida no bioma da maior floresta tropical do planeta. Nessa paisagem, povos de diferentes culturas vivem e carecem de infraestrutura básica, serviços de educação e saúde. Considerando-se este contexto é apresentado neste artigo um estudo sobre o acesso geográfico aos serviços de saúde organizados na RMM. A análise incluiu: os aspectos do ambiente, a distribuição espacial dos serviços de saúde, os modais de transporte utilizados pela população em busca de atendimento a estes serviços e o perfil de mortalidade nos municípios que compõe a RMM. Os procedimentos metodológicos foram trabalhados por meio de levantamentos bibliográficos e documentais, dados secundários e cartográficos retirados do CPRM, DATASUS, DNIT e IBGE. Para apresentar o perfil de mortalidade da RMM foi calculada a taxa de incidência para cada município. De acordo com os resultados, observou-se que o acesso aos serviços de saúde, em todos os níveis de atenção, varia de acordo com a Geografia Física da região, sazonalidades fluviais e localização da população (urbana e rural). Esses aspectos podem ser relacionados com o perfil epidemiológico dos óbitos, cuja localização se conexa aos padrões de modais de transportes, assim como as mortes por causas mal definidas e o acesso fluvial ao serviço de saúde.

Referências

AMAZONAS, G. E. Secretária de Estado de Saúde. Plano Diretor de Regionalização do Estado do Amazonas – PDR – SES / SEAASC /SEAASI / DEPLAN / DECAV – AM, 2003.

AMAZONAS, G. E. Secretaria de Estado da Saúde. Plano Estadual de Saúde – PES – 2012-2015. SUSAM/DPG, Manaus, s.d.

BRANCO, S. M. O desafio amazônico. 3 ed. São Paulo: Moderna, 2004.

BRASIL, Casa Civil. Constituição da República Federativa do Brasil De 1988. Emenda Constitucional nº 91, de 2016. Brasília, 2016.

CUNHA, S. B. Bacias Hidrográficas. In: CUNHA, S. B.; GUERRA, A. T. (Orgs.). Geomorfologia do Brasil. 8 ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2012.

DATASUS - Departamento de Informática do SUS / Ministério da Saúde. Disponível em Acesso em: 26 de fev. 2017.

DAVID, R. C. A dinâmica do Transporte fluvial de passageiros no estado do Amazonas. Dissertação. 2010. 121 f. Dissertação (Mestrado em Geografia) – Universidade Federal do Amazonas (UFAM). Manaus, 2010.

GONÇALVES, C. W. P. Amazônia, Amazônias. São Paulo: Contexto, 2001.

GRANELL-PÉREZ, M. del C. Trabalhando Geografia com as Cartas Topográficas. 2 ed. Ijuí: Ed. Unijuí, 2004.

IBGE, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Censo demográfico 2010. Características da população do Amazonas. Disponível em: Acesso em: 01. Fev. 2017.

LIMA NETO, B. M. Amazônia: terminais hidroviários. Brasília: Senado Federal, Conselho Editorial, 2013.

LOUREIRO, A. J. História da Navegação no Amazonas. Manaus: Gráfica Lorena Ltda.2007.

MAIS, M. A; MARMOS, J. L. (Orgs.) Geodiversidade do estado do Amazonas. Manaus: CPRM, 2010.

NOGUEIRA, R. J. B. Amazonas: um estado ribeirinho (Estudo do transporte fluvial de cargas e passageiros). Dissertação. 1994. 1994 f. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Departamento de História da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas – Universidade de São Paulo (USP), São Paulo, 1994.

NOGUEIRA, R. J. B; PEITER, P; RIBEIRO, M. A. C. Mobilidade da População e fluxos econômicos. In: Espaço e doenças: um olhar sobre o Amazonas. ROJAS, L. I.; TOLEDO, L. M. (Orgs.) Rio de Janeiro: FIOCRUZ, 1998.

NOGUEIRA, R. J. B. Amazonas: Um Estado Ribeirinho. Manaus: Editora da Universidade do Amazonas, 1999.

NORONHA, M. C. Geoespaço: o espaço geográfico do Amazonas. Manaus: Cecil Concorde, 2003.

OLIVEIRA, H. M.; GONÇALVES, M. J.; PIRES, R. O. Caracterização da estratégia saúde da família no estado do Amazonas. Brasil: análise da implantação e impacto. Cadernos de Saúde Pública, [s.l.], v. 27, n. 1, p. 35-45, jan. 2011.

PDRMM- Plano de Desenvolvimento Sustentável e Integrado da Região Metropolitana de Manaus 2010- 2020. Governo do Estado do Amazonas. Secretária da Região Metropolitana de Manaus. Consórcio VETEC/VALENTE, 2010.

ROSS, J. Ecogeografia do Brasil: subsídios para o planejamento ambiental. São Paulo: Oficina de textos, 2009.

SIM. Sistema de Informação sobre Morte Mortalidade. Disponível em: . Acesso em 13 de Abr de 2017.

SOUSA. I. S. A ponte Rio Negro e a Região Metropolitana de Manaus: adequações no pesco urbano-regional à reprodução do capital. 2013. 249 f. Tese (Doutorado em Geografia Humana) Universidade de São Paulo (USP), São Paulo, 2013.

VAL, A. L. Apresentação. In: BORMA, L. S; NOBRE, C. (Orgs.). Secas na Amazônia: causas e consequências. São Paulo: Oficina e Textos, 2013.

VIANA, A. L. et al. Tipologia das regiões de saúde: condicionantes estruturais para a regionalização no Brasil. Saude soc, v. 24, n. 2, p. 413-422, 2015.
Publicado
2018-04-04
Como Citar
CARDOSO DOS ANJOS, Larissa Cristina; ALBUQUERQUE, Adoréa Rebello da Cunha; RAMALHO, Antonio de Pádua Quirino. O ACESSO GEOGRÁFICO AOS SERVIÇOS DE SAÚDE NA REGIÃO METROPOLITANA DE MANAUS E O PERFIL DA MORTALIDADE/Geographic access to health services in the metropolitan region of Manaus and the mortality profile. REVISTA GEONORTE, [S.l.], v. 9, n. 31, p. 89-105, abr. 2018. ISSN 2237-1419. Disponível em: <http://periodicos.ufam.edu.br/revista-geonorte/article/view/4398>. Acesso em: 25 maio 2018. doi: https://doi.org/10.21170/geonorte.2018.V.9.N.31.89.105.