PAISAGENS: DIVERSOS OLHARES NAS VIAGENS RODOVIÁRIAS/ Landscape: different looks on road trips

DIVERSOS OLHARES NAS VIAGENS RODOVIÁRIAS

  • Thiago Oliveira Neto Universidade Federal do Amazonas, UFAM, Brasil.

Resumo

As viagens de ônibus entre os lugares perpassam pelas mais diversas formações geomorfológicas, algumas naturais, constituídas pelas serras, montanhas, vales, planícies, outras representadas por ambientes urbanos e aqueles transformados pela ação humana. Esses elementos, presentes ao longo das rodovias são observados pelos viajantes que, de dentro do ônibus ou outro veículo, percebem as formas presentes e visíveis. É nesse contexto, que se elabora este artigo, com destaque para o transporte rodoviário de passageiros e as paisagens, como entes presente, que acabam propiciando o deslocamento de pessoas entre rodoviárias e entre lugares, que muitas vezes são escolhidos pelas suas paisagens com o objetivo de satisfazer uma necessidade subjetiva.

##submission.authorBiography##

##submission.authorWithAffiliation##
UFAM

Referências

AUGÉ, M. Não-lugares: introdução a uma antropologia da supermodernidade. Campinas: Papirus, 1994.
BERQUE, A. Paisagem-marca, paisagem-matriz: elementos da problemática para uma geografia cultural. In: CORRÊA, Roberto Lobato; ROSENDAHL, Zeny. Geografia cultural: uma antologia. Rio de Janeiro: EdUERJ, 2012, pp. 239-243.
BRASIL. Tribunal de Contas da União: Transporte rodoviário interestadual e internacional de passageiros no Brasil / Tribunal de Contas da União. Brasília: TCU, Secretaria de Fiscalização de Desestatização, 2005.
BRUNHES, J. Geografia Humana. Rio de Janeiro: Fundo de Cultura, 1962.
CLAVAL, P. A geografia Cultural. Trad. Luis F. P., e Margareth de C. A. P. 4º ed. Florianópolis: EDUFSC, 2014, 456 p.
CLAVAL, P. A terra dos homens: a geografia. Trad. Domitila Madureira. São Paulo: Contexto, 2010. 143 f.
CLAVAL, P. A paisagem do geógrafos. In: CORRÊA, R. L.; ROSENDAHL, Z. Geografia cultural: uma antologia. Rio de Janeiro: EdUERJ, 2012, pp. 245-276.
CORRÊA, R. L. Uma sistematização da análise de monumentos na geografia. Terr@ Plural, Vol. 1, nº 1, 2007, pp. 9-22.
CORRÊA, R. L. Monumentos, Política e Espaço. Scripta Nova, Vol. 9, nº 183, 2005. Disponível em: Acesso em: 08 de maio de 2017.
COSGROVE, D. A geografia está em toda parte: cultura e simbolismo nas paisagens humanas. In: CORRÊA, R. L.; ROSENDAHL, Z. Geografia cultural: uma antologia. Rio de Janeiro: EdUERJ, 2012, pp. 219-237.
DUNCAN, J. A paisagem como sistema de criação de signos. In: CORRÊA, R. L.; ROSENDAHL, Z. Paisagens, textos e identidades. Rio de Janeiro: EdUERJ, 2004, pp. 91-132.
FOUCAULT, M. Vigiar e Punir: nascimento da prisão. Trad. Raquel Ramalhete. 29ª ed. Petrópolis: Vozes, 2004.
GANDY, M. Paisagem, estética e identidade. In: CORRÊA, R. L.; ROSENDAHL, Z. Paisagens, textos e identidades. Rio de Janeiro: EdUERJ, 2004, pp. 75-90.
GOFF, J. L História e Memória. Trad. Ruy Oliveira. II Volume. Lisboa: Edições 70, 2000. 246 f.
G1. Círio de Nazaré leva 2 milhões em procissão de mais de 5h em Belém. Disponível em: Acesso em: 06 de maio de 2017.
G1. Com feriado, Rodoviária de Campinas espera movimento de 131 mil pessoas. Disponível em: Acesso em: 06 de maio de 2017.
HUERTAS, D. M. O papel dos transportes na expansão recente da fronteira agrícola brasileira. Revista Transporte y Territorio, v. 3, p. 145-171, 2010.
HUERTAS, D. M. Território e circulação: transporte rodoviário de carga no Brasil. Tese de Doutorado em Geografia Humana pela USP, 2013.
HUERTAS, D. M. Nodais do transporte rodoviário de carga na relação Brasil-Mercosul. Revista Transporte y Territorio, v. 1, p. 150-166, 2015.
NOGUEIRA, R. J. B. Amazonas: Um Estado Ribeirinho (Estudo do transporte fluvial de passageiros e cargas). Dissertação de Mestrado em Geografia FFCHL, USP, 1994, 151p.
OLIVEIRA NETO, T.; NOGUEIRA, R.J. B. Transporte rodoviário de passageiros no Brasil. Revista Territorio e Transporte, v 17, 2017, pp. 229-250.
RODOVIARIAONLINE. Feriado da Páscoa aumenta movimento nas rodovias do país. Disponível em: Acesso em: 31 de abril de 2017.
ROSENDAHL, Z. Geografia e religião: uma proposta. Espaço e Cultura, v. 1, nº 1, 1995, pp. 45-74.
R7. Movimento é intenso nas rodoviárias na saída para o Natal (23/12/2016). Disponível em: Acesso em: 05 de maio de 2017.
SÁ, T. Lugares e não lugares em Marc Augé. Tempo Social, revista de sociologia da USP, V. 26, N. 2, 2014, PP. 209-229. Disponível em: Acesso em: 20 de abril de 2017.
SANTOS, M. A natureza do Espaço: Técnica e Tempo, Razão e Emoção. 4º ed. São Paulo: EDUSP, 2006.
SAUER, C. O. A morfologia da paisagem. In CORRÊA, R. L.; ROSENDAHL, Z Geografia cultural: uma antologia. Rio de Janeiro: EdUERJ, 2012, pp. 181-217.
SILVEIRA, M. R. Geografia da circulação, transporte e logística: construção epistemológica e perspectivas. In: SILVEIRA, M. R. Circulação, transportes e logística: diferentes perspectivas. São Paulo: Outras Expressões, 2011. pp. 21-68.
SILVEIRA, M. R. Infrastructure and transport logistics in the process of economic and territorial integration. Mercator (Fortaleza. Online), v. 12, p. 41-53, 2013.
SILVA JR, R. F. da. Circulação, epistemologia e a constituição de um ramo da ciência geográfica. Boletim Campineiro de Geografia, v. 2, nº 3, 2012, pp. 389-417.
SILVA, M. M. F. A geografia no plano rodoviário nacional. Revista Brasileira de Geografia, v. 6, n. 1, 1944, pp. 106-123.
TEIXEIRA, E. Cresce o movimento na Rodoviária de Teresina por conta do feriadão (10/10/2015). Disponível em: Acesso em: 05 de maio de 2017.
URURAU. Movimento nas rodoviárias de Campo bastante intenso na véspera de feriado (02/04;2015). Disponível em: Acesso em: 05 de maio de 2017.
VALLAUX, C. La circulación. In: Geografia Social: El suelo y el Estado. Madrid: Daniel Jorro, 1914. pp. 265-308.
ZEDUDU. Círio de Nazaré: venda de passagens de ônibus para a capital ainda é pequena no Terminal Rodoviário de Parauapebas. Disponível em: < http://zedudu.com.br/crio-de-nazar-venda-de-passagens-de-nibus-para-a-capital-ainda-pequena-no-terminal-rodovirio-de-parauapebas/> Acesso em: 05 de maio de 2017.
WELEN, B. Society, Action and Space: An Alternative Human Geography. London: Routledge, 1993. Disponível em: < http://www.univpgri-palembang.ac.id/perpus-fkip/Perpustakaan/Geography/Geografi%20manusia/Benno_Werlen_Society,_Action_and_Space_An_Alternative_Human_Geography__1992.pdf > Acesso em: 27 de maio. de 2017.
Publicado
2018-03-22
Como Citar
OLIVEIRA NETO, Thiago. PAISAGENS: DIVERSOS OLHARES NAS VIAGENS RODOVIÁRIAS/ Landscape: different looks on road trips. REVISTA GEONORTE, [S.l.], v. 9, n. 31, p. 16-31, mar. 2018. ISSN 2237-1419. Disponível em: <http://periodicos.ufam.edu.br/revista-geonorte/article/view/4349>. Acesso em: 25 maio 2018. doi: https://doi.org/10.21170/geonorte.2018.V.9.N.31.16.31.