História de Vida: Trabalho Assistencial do Irmão Francisco Galliani com Hansenianos em Parintins-Am na década de 1970

  • Juliete Batalha de Souza Universidade do Estado do Amazonas
  • Julielza Batalha de Souza Universidade do Estado do Amazonas

Resumo

Tomamos como objeto de estudo a vida de Irmão Francisco Galliani, focando em seu trabalho assistencial com os hansenianos na década de 1970 em Parintins. Fundamentamos a partir da análise das narrativas dos colaboradores que lhe conheceram e acompanharam a trajetória de seu trabalho, no qual marcou sua vida como ser humano dedicado e comprometido com pessoas portadoras de hanseníase, uma causa de grande teor e reconhecimento onde lutou até o fim de sua vida. Mas apesar das dificuldades conseguiu desenvolver seu trabalho assistencial e deixar seu legado para que pudessem dar continuidade. Por isso resolvemos resgatar a sua história e mostrar através da nossa pesquisa o que muitos desconhecem a respeito desse missionário enviados pelo PIME. Contudo, as dificuldades não impediram a sua ação. No início foi desenvolvendo trabalhos voluntários com pessoas enfermas portadoras de tal doença. Sua preocupação foi ampliar o reconhecimento dessa obra social de fundamental importância para os hansenianos. Os resultados obtidos mostram o que representou a sua persistência e determinação em realizar campanhas esclarecedoras, não só para os familiares dos enfermos, mas também para a sociedade de modo geral, para esse grupo marginalizado e excluído socialmente.


 


Palavra-chave: Irmão Francisco Galliani, Hanseníase, Hansenianos, Trabalho social.

Publicado
2017-12-01
Como Citar
SOUZA, Juliete Batalha de; SOUZA, Julielza Batalha de. História de Vida: Trabalho Assistencial do Irmão Francisco Galliani com Hansenianos em Parintins-Am na década de 1970. Revista Eletrônica Mutações, [S.l.], v. 8, n. 15, p. 0237-0254, dez. 2017. ISSN 2178-7018. Disponível em: <http://periodicos.ufam.edu.br/relem/article/view/4260>. Acesso em: 19 set. 2018.