“Poesia comprometida com a minha e a tua vida”: Thiago de Mello e a recepção de sua obra em Barreirinha, no Amazonas

  • Diego Omar Silveira Professor e coordenador do Curso de História do Centro de Estudos Superiores de Parintins (CESP) da Universidade do Estado do Amazonas (UEA)
  • Paulo Afonso Nunes Ferreira Universidade do Estado do Amazonas

Resumo

Thiago de Mello é certamente uma das grandes personalidades literárias do Amazonas no século XX. Isso contrasta, porém, com a pouca circulação de sua obra poética entre os amazônidas, com o desconhecimento de sua poesia entre grande parte da população de Barreirinha – terra natal do escritor e para onde ele retornou nos anos 1980, após o exílio – e mesmo com sua imagem negativa entre os barrerinhenses. A presente pesquisa busca investigar a relação da obra de Thiago de Mello com o Amazonas e Barreirinha e sua recepção nessa cidade do médio-baixo Amazonas, partindo da discussão entre literatura e história. Para tanto, foi realizada uma leitura de conjunto da obra poética desse autor e foram realizadas entrevistas semiestruturadas com artistas, difusores culturais e professores de Barreirinha, pessoas que tiveram relação com a pessoa e com a obra do poeta.

Biografia do Autor

##submission.authorWithAffiliation##
Graduado e mestre em História pela Universidade Federal de Ouro Preto. Professor e coordenador do Curso de História do Centro de Estudos Superiores de Parintins (CESP) da Universidade do Estado do Amazonas (UEA). Foi coordenador da Regional Norte da Associação Brasileira de História das Religiões (ABHR) entre 2015-2017
##submission.authorWithAffiliation##
Graduado em História no Centro de Estudos Supeiores de Parintins (CESP) da Universidade do Estado do Amazonas (UEA).
Publicado
2017-12-01
Como Citar
SILVEIRA, Diego Omar; FERREIRA, Paulo Afonso Nunes. “Poesia comprometida com a minha e a tua vida”: Thiago de Mello e a recepção de sua obra em Barreirinha, no Amazonas. Revista Eletrônica Mutações, [S.l.], v. 8, n. 15, p. 0181-0200, dez. 2017. ISSN 2178-7018. Disponível em: <http://periodicos.ufam.edu.br/relem/article/view/3808>. Acesso em: 20 maio 2018.