Brigar pra quê? Bullying na escola

  • Dennys Gomes Ferreira
  • João Carlos da Silva Filho

Resumo

Este projeto aplicado demonstrou como promover o combate ao bullying através de estratégias educativas. Para tal realizou uma pesquisa na qual utilizou como instrumento um questionário adaptado - Bullying escolar no Brasil, 2010 aplicado a 265 alunos sendo 136 meninos e 129 meninas do Ensino Fundamental I, com objetivo de conhecer as causas do bullying na escola, verificar sua frequência, e identificar os perfis tanto dos agressores, quanto das vítimas por gênero e faixa etária. A pesquisa de campo revelou fatores negativos que influenciaram nas ocorrências e constatou que os alunos pesquisados, assinalaram como as principais causas “Não sabe dizer”, “Por brincadeira” e “Por que se sentem provocados”, sendo observada também a frequência que o bullying ocorre na escola e de forma significativa e, que o perfil dos envolvidos tanto dos agressores quanto vítimas são principalmente meninos na faixa etária entre 8 a 10 anos de idade. Diante disso, foram elaboradas várias intervenções como forma de prevenção desta ação e um projeto para atender tais necessidades para a redução destes índices.

Palavras-chave: Ambiente Escolar, Bullying, Prevenção.
Publicado
2017-06-29
Como Citar
FERREIRA, Dennys Gomes; DA SILVA FILHO, João Carlos. Brigar pra quê? Bullying na escola. Revista Eletrônica Mutações, [S.l.], v. 8, n. 14, p. 002-022, jun. 2017. ISSN 2178-7018. Disponível em: <http://periodicos.ufam.edu.br/relem/article/view/3560>. Acesso em: 20 jan. 2018.