“NO MEU TEMPO NÓS REMAVA LÁ NA CABECEIRA PARA ESTUDAR LÁ NA BOCA DO MOCAMBO”: TRABALHADORES DO CAMPO E A EXCLUSÃO EDUCACIONAL ESCOLAR - O PUXIRUM NO MOCAMBO DO ARARI – PARINTINS – AM

  • Josivaldo Bentes Lima Júnior Universidade Federal do Amazonas- UFAM

Resumo

Este texto versa sobre as experiências de mulheres e homens, trabalhadores do campo que vivenciaram exclusão educacional escolar no Mocambo do Arari – Parintins. Esse estudo lança discussão sobre a problemática que persiste em excluir pessoas de zonas rurais do acesso à educação formal apreendidas nas contradições históricas da realidade do Brasil. São essas mesmas pessoas que se articularam em estratégias de resistência por meio da solidariedade, para a obtenção do grau de Ensino Médio na comunidade. Tais dimensões de solidariedade são conhecidas por puxirum em comunidades rurais. Essa realidade de exclusão ainda não foi superada, contudo, verificam-se que que “novos personagens entram”, organizam-se em luta sociais como enfrentamento às desigualdades impostas pela ausência de políticas educacionais. Desse modo, é que o Mocambo do Arari já oferece o Ensino Fundamental e Médio para que os alunos possam concluir esse grau escolar sem sair da comunidade. O uso da história oral como recurso metodológico foi imprescindível para conhecer a história de vida de mulheres e homens, trabalhadoras e trabalhadores do campo, pois trata-se, portanto, de um duplo processo de exclui e humilha os sujeitos históricos. Por meio de entrevistas semiestruturadas conhecemos a história de vida dos mais velhos com o objetivo de pluralizar vozes e democratizar a memória como meio de conhecer as experiências de vida no Mocambo do Arari, articuladas no passado e presente no que se refere ao acesso à educação, parcialmente invisíveis na tradição histórica.


 


Palavras-chave: Trabalho. Educação. Puxirum. Mocambo do Arari.


 


IN MY TIME WE PADDLED THERE AT THE HEADBOARD TO STUDY THERE IN THE MOUTH OF THE MOCAMBO ": REFLECTIONS ON SCHOOL EDUCATION IN THE COUNTRYSIDE - MOCAMBO DO ARARI - PARINTINS - AM


 


ABSTRACT: This text deals with the experiences of women and men, rural workers who experienced school educational exclusion in the Arari - Parintins Mocambo. This study discusses the problem that persists in excluding rural people from access to formal education seized in the historical contradictions of Brazilian reality. It is these same people who have articulated themselves in strategies of resistance through solidarity, to obtain the degree of High School in the community. Such dimensions of solidarity are known as pullirum in rural communities. This reality of exclusion has not yet been overcome, however, it is verified that "new characters enter", are organized in social struggles as a confrontation with the inequalities imposed by the absence of educational policies. In this way, the Arari Mocambo already offers the Elementary and Middle School so that the students can finish this school degree without leaving the community. The use of oral history as a methodological resource was essential to know the life history of women and men, workers and workers of the field, because it is therefore a double process of excluding and humiliating historical subjects. Through semi-structured interviews, we learn about the life history of the elders with the aim of pluralizing voices and democratizing memory as a way of getting to know life experiences in the Arari Mocambo, articulated in the past and present regarding access to education, partially invisible in the historical tradition.


 


Keywords: Work. Education. Puxirum. Mocambo do Arari

Publicado
2019-07-01
Como Citar
LIMA JÚNIOR, Josivaldo Bentes. “NO MEU TEMPO NÓS REMAVA LÁ NA CABECEIRA PARA ESTUDAR LÁ NA BOCA DO MOCAMBO”: TRABALHADORES DO CAMPO E A EXCLUSÃO EDUCACIONAL ESCOLAR - O PUXIRUM NO MOCAMBO DO ARARI – PARINTINS – AM. Revista Ensino de Ciências e Humanidades - RECH, [S.l.], v. 4, n. Número 1,, p. 318-434, jul. 2019. ISSN 2594-8806. Disponível em: <http://periodicos.ufam.edu.br/rech/article/view/5841>. Acesso em: 21 ago. 2019.

Artigos mais lidos do mesmo autor

Obs.: Este plugin requer ao menos um plugin ou relatório de estatísticas para funcionar. Se seus plugins de estatísticas trabalham com mais de uma métrica, por favor selecione uma métrica principal na página de configuração disponível no painel do Administrador e/ou do Gerente do portal.