PRODUÇÃO DE MATERIAL DIDÁCTICO EM 3D, UMA CONTRIBUIÇÃO PARA OS PROCESSOS DE ENSINO E APRENDIZAGEM EM CIÊNCIAS DA TERRA E AMBIENTE EM MOÇAMBIQUE

  • Mário Silva Uacane Departamento de Ciências da Terra e Ambiente/UP-Beira, Moçambique

Resumo

Este artigo visa socializar a curta experiência de produção de material didáctico em 3D como contribuição para os processos de ensino e aprendizagem de Geografia na cidade da Beira, em Moçambique. A produção de material didáctico em 3D é uma iniciativa assente no uso de material de fácil acesso para produção de material facilitador na aprendizagem em geografia e ciências afins. Aqui, parte-se do pressuposto de que “os livros didácticos e os professores não são suficientes para ensinar a geografia e, que observar e interpretar o espaço são fundamentais para entendermos os fenómenos geográficos. Entretanto, a ilustração da realidade ao aluno, com meios específicos ao alcance do aluno, conta muito (França, 2009). Nesse sentido, partindo da leitura de fontes secundárias sobre a produção e uso de material didáctico, foi possível proceder a sistematização de exemplos de principais práticas de produção de diferentes materiais didácticos e a descrição da respectiva utilização local nos processos de ensino e aprendizagem em ciências geográficas. Com base nessa sistematização aliando com a prática do quotidiano do aluno na sua actividade profissional e como observador do meio circunvizinho na cidade da Beira partiu-se para produção e aplicação de material em referência com destaque para globo terrestre, mapas em 3D, perfis pedológicos, aplicação de paralelepípedos sobre a representação da escala de Mohs, sobre temáticas diversas.

Publicado
2019-01-03
Como Citar
UACANE, Mário Silva. PRODUÇÃO DE MATERIAL DIDÁCTICO EM 3D, UMA CONTRIBUIÇÃO PARA OS PROCESSOS DE ENSINO E APRENDIZAGEM EM CIÊNCIAS DA TERRA E AMBIENTE EM MOÇAMBIQUE. Revista Ensino de Ciências e Humanidades - RECH, [S.l.], v. 3, n. 2, Jul-Dez, p. 8-26, jan. 2019. ISSN 2594-8806. Disponível em: <http://periodicos.ufam.edu.br/rech/article/view/5113>. Acesso em: 18 mar. 2019.
Seção
Artigos