DNA VEGETAL NA SALA DE AULA

O ENSINO-APRENDIZAGEM EM BOTÂNICA

  • Felipe Sant’Anna Cavalcante Centro Universitário São Lucas - UniSL
  • Jucieli Firmino de Freitas Universidade Federal de Pernambuco - UFPE
  • Camila Alves do Couto Centro Universitário São Lucas - UniSL
  • Glauciane da Silva Bifano Tavares Centro Universitário São Lucas - UniSL
  • Patrícia Guedes Nogueira Secretaria Estadual de Educação (SEDUC/RO)
  • Renato Abreu Lima Universidade Federal do Amazonas - UFAM

Resumo

Atualmente, o termo DNA ganhou tamanha abrangência que atrai os noticiários. E
abordar esse tema de forma contextualizada é um grande desafio, pois se sabe que o ensinoaprendizagem
é importante quando se tem a união da teoria com a prática. Com isso, o objetivo
deste trabalho foi demonstrar para os alunos como podemos extrair e identificar o DNA vegetal
da A. vera. O presente trabalho foi desenvolvido na Escola Estadual de Ensino Médio Integral
Brasília, situado em Porto Velho-RO com uma turma da segunda série do ensino médio atendendo
22 alunos. O trabalho foi dividido em quatro etapas, sendo a primeira etapa consistindo na
aplicação do pré-teste; na segunda etapa, os alunos tiveram aulas teóricas com auxílio de recursos
multimídias, onde foi verificado o conceito, a importância cosmética e medicinal da babosa; na
terceira etapa, os alunos aprenderam a extrair o DNA vegetal conforme demonstrado na aula
teórica e na quarta e última etapa houve a aplicação do pós-teste. A aplicação do pré e pós-teste
teve como objetivo descobrir o que os alunos sabiam e aprenderam sobre o conteúdo de extração
de DNA. Os resultados obtidos com esse trabalho foram satisfatórios, onde foi possível extrair e
visualizar o DNA da A. vera por meio de um protocolo simples e adaptado.

Publicado
2018-08-13
Como Citar
CAVALCANTE, Felipe Sant’Anna et al. DNA VEGETAL NA SALA DE AULA. Revista Ensino de Ciências e Humanidades - RECH, [S.l.], v. 2, n. 1, Jan-Jun, p. 176-191, ago. 2018. ISSN 2594-8806. Disponível em: <http://periodicos.ufam.edu.br/rech/article/view/4762>. Acesso em: 21 out. 2018.
Seção
Artigos