Religião e Intolerância

Uma experiência pibidiana

  • Oscar Menezes Rodrigues Universidade Federal do Amazonas - UFAM

Resumo

Este artigo apresenta, em um primeiro momento, considerações acerca dos conceitos de religião e intolerância entre outras noções relacionadas. Em um segundo momento, tem como objetivo relatar a experiência do breve projeto “religião e intolerância”, proporcionado pelo Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (PIBID) e realizado na Escola Municipal Agenor Ferreira Lima no último bimestre de 2017 com alunos do 6º ano. Devido ao pouco tempo para realização, o projeto teve caráter introdutório. Nele foram abordados conceitos como intolerância, religião, monoteísmo, politeísmo, discriminação, racismo, ecumenismo, entre outros, com o intuito de introduzir este debate na sala de aula, para assim, ser possível o diálogo e a compreensão inicial dos alunos sobre a intolerância religiosa. Por fim, faço uma análise da importância da escola diante deste cenário.

Referências

ARAÚJO, V. A. B. de; ACIOLY, A. C. “INTOLERÂNCIA CONTRA AFRO-RELIGIOSOS: Conhecendo o candomblé dentro da sala de aula”. In.: XVII Encontro Estadual de História, v. 17, n. 1, p. 568-577, 2016.
CAPUTO, S. G. Por que Jesus pode entrar na escola e Exu não pode?. Disponível em: . Acesso em: 05 nov. 2017.
CARVALHO JÚNIOR, A. D. de. Índios cristãos: poder, magia e religião na Amazônia Colonial. Curitiba: ed. CRV, 2017.
CORRÊA, A. de M. “O sagrado é divino, a religião é dos homens: territórios culturais e fronteira simbólicas, a intolerância religiosa na contemporaneidade”. In.: Espaço e cultura, UERJ, RJ, v. 1, n. 31, p. 125-138, 2012.
FONSECA, A. B; ADAD, C. J. C. (Org). Relatório sobre intolerância e violência religiosa no Brasil (2011-2015): resultados preliminares. Brasília, Secretaria Especial de Direitos Humanos, 2016.
GAVIRIA, M. A. P. “Dr. Sigmund Freud, Ensaios. Moisés e a religião monoteísta, 1939”. In.: Revista estética e semiótica, v. 4, n. 2, p. 139-157, 2014.
GOMES, C. F; PAULA, M. M. F. de; OLIVEIRA, T. F. de. “Intolerância religiosa no Brasil”. In.: Cadernos de iniciação científica da FDCL, v. 1, n. 1, p. 57-58, 2014.
GOMES, E. de C; DIDIER, H. de S; SILVA, Y. C. da. Etnografando a caminhada contra a Intolerância Religiosa. Disponível em: . Acesso em: 02 nov. 2017.
OLIVEIRA, I. D. de. “Religiões afro-brasileiras e violência”. In.: Ciberteologia – Revista de Teologia e Cultura, v. 7, n. 35, p. 16-23, 2010.
PEREZ, L. F. Conflito religioso e politeísmo dos valores em tempos de globalização. Disponível em: < http://www.antropologia.com.br/arti/colab/a25-lfreitas.pdf>. Acesso em: 13 mai. 2017.
QUINTANA, E. “INTOLERÂNCIA RELIGIOSA NA ESCOLA: O que professoras filhas de santo tem a dizer sobre esta forma de violência”. In.: Revista fórum identidades, v. 14, n. 7, p. 127-140, 2013.
SANTOS, E. P. dos. A educação e as religiões de matriz africana: Motivos da intolerância. Disponível em: . Acesso em: 02 nov. 2017.
SILVA, A. O. “Monoteísmo e intolerância religiosa e política”. In.: Revista eletrônica do núcleo de estudos e pesquisas do Protestantismo da Escola Superior de Teologia – EST, v. 23, n. 113, p. 47-54, 2010.
SILVA, K. V. Dicionário de conceitos históricos. São Paulo: Ed Contexto, 2009.
SILVEIRA, R. M. G. Diversidade Religiosa. Disponível em: . Acesso em: 25 out. 2017.
Publicado
2018-10-03
Como Citar
RODRIGUES, Oscar Menezes. Religião e Intolerância. Manduarisawa - Revista Eletrônica Discente do Curso de História da UFAM, [S.l.], v. 2, n. 2, p. 163-176, out. 2018. ISSN 2527-2640. Disponível em: <http://periodicos.ufam.edu.br/manduarisawa/article/view/4399>. Acesso em: 19 out. 2018.
Seção
PESQUISA EM EXPERIÊNCIA EM DOCÊNCIA