ENTRE OS RESTOS: MEMÓRIAS E HISTÓRIAS DE MULHERES GARIS EM MANAUS (1985-2015).

  • Ramily Frota Panjota Universidade Federal do Amazonas (UFAM)

Resumo

O artigo aqui apresentado deriva dos resultados de uma pesquisa que busca investigar, através de fontes orais, as histórias e memórias das mulheres que trabalham como garis na cidade de Manaus, refletindo acerca da constituição das relações sociais na cidade através das questões de gênero e trabalho no interstício de 1985 a 2015 – período em que a Zona Franca de Manaus se estabelecia na região em que algumas das mulheres chegaram a Manaus com seus familiares. A atenção afincada nesse momento foi para a trajetória dessas mulheres, pensando nas questões de gênero que permearam/permeiam suas vidas, a saber, o cerceamento no ambiente familiar, dificuldades para estudar e conseguir um emprego, rompendo o ambiente privado.

Palavras-Chave: História oral; garis; história das mulheres.

##submission.authorBiography##

##submission.authorWithAffiliation##

Graduanda em História pela Universidade Federal do Amazonas, membro do Laboratório de História Oral e Audiovisual do Amazonas (LABHORA -AM). 

Publicado
2017-09-08
Como Citar
PANJOTA, Ramily Frota. ENTRE OS RESTOS: MEMÓRIAS E HISTÓRIAS DE MULHERES GARIS EM MANAUS (1985-2015).. Manduarisawa - Revista Eletrônica Discente do Curso de História da UFAM, [S.l.], v. 1, n. 1, p. 77-97, set. 2017. ISSN 2527-2640. Disponível em: <http://periodicos.ufam.edu.br/manduarisawa/article/view/3739>. Acesso em: 17 dez. 2017.