INCLUSÃO DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA FÍSICA NO MERCADO DE TRABALHO: SATISFAÇÃO OU DESPRAZER?

  • Camila Fernanda Ferreira da Silva UFSCar - Licenciatura em Educação Especial
  • Renata Andrea Fernandes Fantacini PPGEEs UFSCar / Claretiano - Centro Universitário de Batatais
  • Márcia Duarte Galvani UFSCAR - PPGEEs
  • Maria Amelia Almeida

Resumo

O objetivo desta pesquisa foi analisar o grau de satisfação de pessoas com deficiência física incluídas no mercado de trabalho da União dos Deficientes Físicos - UDEFA de Araraquara, localizada no interior de São Paulo, que tem como principal responsabilidade incluir as pessoas com deficiência físca no mercado de trabalho oferecendo cursos preparatórios e em seguida o encaminhamento para empresas parceiras. Essa amostra contou com a colaboração de alguns dos deficientes físicos incluídos no mercado de trabalho via UDEFA, totalizando 15 sujeitos. Para alcançar os objetivos propostos, os participantes responderam um questionário seguindo a Escala Likert. Os resultaos revelaram que as pessoas com deficiência física incluídos no mercado de trabalho por intermédio da UDEFA encontram-se satisfeitas com trabalho atual, com seus salários, com as relações estabelecidas com seus companheiros, superiores e estão abertos a novas propostas. Concluímos que as pessoas com deficiência física também estão de modo geral satisfeitas com a adequação e a acessibilidade em seus locais de trabalho, o que de fato, é de suma importância para esse público alvo.


 


 

Biografia do Autor

##submission.authorWithAffiliation##

Camila Fernanda Ferreira da Silva. Graduanda em Educação Especial pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). E-mail: <camilaf.ferreirasilva@gmail.com>.

##submission.authorWithAffiliation##

Márcia Duarte Galvani. Doutora em Educação Escolar pela Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (UNESP),Araraquara (SP). Especialista em Educação Especial pela Universidade Federal de Santa Maria - RS (UFSM). Atualmente Professora Associada do Departamento de Psicologia, Licenciatura em Educação Especial da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). Professora do Programa de Pós-Graduação em Educação Especial da UFSCar.  E-mail: <marciaduar@yahoo.com.br>

Maria Amelia Almeida

Maria Amelia Almeida. Pós-Doutorado em Educação pela University of Georgia, UGA, Estados Unidos. Doutorado em Programa de PhD em Educação Especial. Vanderbilt University, VANDERBILT, Estados Unidos. Mestrado em Educação Especial pela mesma instituição. Professora Associada do Departamento de Psicologia, Licenciatura em Educação Especial da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). Professora do Programa de Pós-Graduação em Educação Especial da UFSCar. E-mail: <ameliama@terra.com.br>.

Referências

ARAUJO, J. P.; SCHMIDT, A. A inclusão de pessoas com necessidades especiais no trabalho: a visão de empresas e de instituições educacionais especiais na cidade de Curitiba. Rev. bras. educ. espec. vol.12 no.2 Marília May/Aug. 2006.

BRASIL. Consolidação das Leis do Trabalho- São Paulo: Saraiva, 1998.

BRASIL. Ministério Público do Trabalho. A Lei de Cotas em perguntas e respostas. Disponível em: . Acesso em: 20 out. 2016.

______. Ministério do trabalho e emprego. Convenção nº. 111 e a promoção da igualdade na negociação coletiva. Brasília: MTE, 2000.

________. Ministério da Educação. Secretaria da Educação Especial. Política nacional de Educação Especial na perspectiva da educação inclusiva. Brasília: MEC/SEESP, 2008c. Disponível em: . Acesso em: 30 abr. 2015.

JANUZZI, G.S.M. Escola e trabalho do considerado deficiente. Anais. II SEMINÁRIO SOBRE EDUCAÇÃO ESPECIAL PROFISSIONAL E DEFICIÊNCIA. Unicamp, 1994.

SÃO PAULO (Estado). Secretaria da Educação. Núcleo de Apoio Pedagógico Especializado – CAPE. Diretrizes para a educação especial para o trabalho / Secretaria da Educação, Núcleo de Apoio Pedagógico Especializado – CAPE; organização, Elizabete Fedosse. - São Paulo : SE, 2013. Disponível em: http://cape.edunet.sp.gov.br/cape_arquivos/Publicacoes_Cape/P_6_Diretrizes_Educacao_Especial_Varios.pdf>. Acesso em: 20 out. 2016.

_____. Secretaria do Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência. Pessoas com deficiência no trabalho: criando valor pela inclusão. Disponível em: . Acesso em: 20 out. 2016.
Publicado
2019-06-28
Como Citar
SILVA, Camila Fernanda Ferreira da et al. INCLUSÃO DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA FÍSICA NO MERCADO DE TRABALHO: SATISFAÇÃO OU DESPRAZER?. Pesquisa e Prática em Educação Inclusiva, [S.l.], v. 2, n. 3, p. 39-50, jun. 2019. ISSN 2595-1920. Disponível em: <http://periodicos.ufam.edu.br/educacaoInclusiva/article/view/4186>. Acesso em: 13 nov. 2019.

Artigos mais lidos do mesmo autor

Obs.: Este plugin requer ao menos um plugin ou relatório de estatísticas para funcionar. Se seus plugins de estatísticas trabalham com mais de uma métrica, por favor selecione uma métrica principal na página de configuração disponível no painel do Administrador e/ou do Gerente do portal.