COLEÇÕES BIOLÓGICAS, BIBLIOTECAS UNIVERSITÁRIAS E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL: APROXIMAÇÕES POSSÍVEIS?

  • Marcos Felipe Gonçalves Maia UFT
  • Rodney Haulien Oliveira Viana UFT

Resumo

Este trabalho problematiza a atuação ambiental dos profissionais da informação. Frente à realidade da preocupação mundial pela preservação da natureza tem como perguntas: o que é ser sustentavelmente desenvolvido? Como atuar na preservação da natureza? Algumas bibliotecas universitárias, no Brasil e no resto do mundo, têm desenvolvido ações “sustentáveis” sem levar em conta a crítica feita a esse conceito que abandona os elementos sociais de sua construção, bem como o verdadeiro interesse por trás disso. Assim, objetiva descrever a importância da integração dos metadados dos registros das coleções biológicas nos catálogos das bibliotecas da UFT como uma ação “ambientalmente contextualizada”. Pautada na pesquisa bibliográfica e documental, de perspectiva qualitativa, faz uma desconstrução dos conceitos de “desenvolvimento sustentável”, “sustentabilidade institucional” e “ecologia da informação” para propor uma ação “ambientalmente contextualizada”: integração das coleções biológicas nos catálogos das bibliotecas universitárias. Essa atitude pode contribuir para a preservação da natureza para além do desenvolvimento sustentável.
Como Citar
MAIA, Marcos Felipe Gonçalves; VIANA, Rodney Haulien Oliveira. COLEÇÕES BIOLÓGICAS, BIBLIOTECAS UNIVERSITÁRIAS E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL: APROXIMAÇÕES POSSÍVEIS?. Anais do SNBU, [S.l.], 2016. ISSN 2359-6058. Disponível em: <http://periodicos.ufam.edu.br/anaissnbu/article/view/3312>. Acesso em: 16 dez. 2018.

Palavras-chave

Desenvolvimento sustentável. Sustentabilidade institucional. Coleções biológicas. Biblioteca Universitária.