O BIBLIOTECÁRIO E SUA ATUAÇÃO NA GESTÃO DE CONFLITOS: ESTUDO DE CASO DO SISTEMA INTEGRADO DE BIBLIOTECAS DA UNIVASF

  • Lucídio Lopes de Alencar UNIVASF
  • Thyanne Michelle Ferreira Alves UNIVASF
  • Ana Paula Lopes da Silva UNIVASF
  • Luciana Souza Oliveira UNIVASF

Resumo

Identifica e avalia a atuação do bibliotecário na função de coordenador de Unidade de Informação, no que tange ao processo de gestão de conflitos e as estratégias adequadas para lidar com essas situações, tendo como referencial, o Sistema Integrado de Bibliotecas da Univasf. Como procedimento metodológico utilizou-se a aplicação de questionário online aos gestores das bibliotecas do Sistema para verificar as principais causas de conflitos e seu gerenciamento. Os dados obtidos demonstraram que a frequência de conflitos nas bibliotecas do SIBI são ocasionais e quando ocorrem, os bibliotecários adotam como estratégia, a conciliação, reunindo os envolvidos, de modo a criar um clima organizacional favorável ao diálogo, evitando que situações de divergências se posterguem e interfiram na produtividade da equipe.
Como Citar
DE ALENCAR, Lucídio Lopes et al. O BIBLIOTECÁRIO E SUA ATUAÇÃO NA GESTÃO DE CONFLITOS: ESTUDO DE CASO DO SISTEMA INTEGRADO DE BIBLIOTECAS DA UNIVASF. Anais do SNBU, [S.l.], 2016. ISSN 2359-6058. Disponível em: <http://periodicos.ufam.edu.br/anaissnbu/article/view/3240>. Acesso em: 23 nov. 2017.

Palavras-chave

Conflitos. Gestão de conflitos. Bibliotecário. Unidades de informação.