GESTÃO DO CONHECIMENTO E GESTÃO DO CONHECIMENTO CIENTÍFICO EM BIBLIOTECAS UNIVERSITÁRIAS: UMA REVISÃO ATUAL

  • Marcello Mundim Rodrigues UFU

Resumo

A pesquisa desenvolvida buscou apresentar primeiramente os principais conceitos sobre a Gestão do Conhecimento, sua aplicação em Instituições de Ensino Superior e, respectivamente, entre suas bibliotecas. Também se deu ênfase à Gestão do Conhecimento Científico, uma vez que o ambiente acadêmico em que bibliotecas estão imersas exige atitudes e ações diferenciadas de seus gestores, assim como mudanças de paradigmas em sua cultura organizacional para que haja enquadramento dos setores à realidade da instituição. Focou-se principalmente no compartilhamento do conhecimento entre as pessoas, no seu desenvolvimento de competências, na sua cooperação e colaboração, na preservação da memória e cultura organizacional, enfim, numa gestão focada na inovação e na aprendizagem. Concluiu-se que as práticas da Gestão do Conhecimento e da Gestão do Conhecimento Científico podem criar grandes vantagens competitivas à instituição que as aplica corretamente, mas que essas instituições e seus respectivos gestores precisam estar sempre atentos às demandas reais de seu ambiente interno e externo, buscando implementar novas práticas e serviços que contribuam para o desenvolvimento pessoal, profissional, institucional e humano de todos os envolvidos no processo e progresso educacional.
Como Citar
RODRIGUES, Marcello Mundim. GESTÃO DO CONHECIMENTO E GESTÃO DO CONHECIMENTO CIENTÍFICO EM BIBLIOTECAS UNIVERSITÁRIAS: UMA REVISÃO ATUAL. Anais do SNBU, [S.l.], 2016. ISSN 2359-6058. Disponível em: <http://periodicos.ufam.edu.br/anaissnbu/article/view/3220>. Acesso em: 22 out. 2018.

Palavras-chave

Gestão do Conhecimento. Gestão do Conhecimento Científico. Bibliotecas Universitárias. Planejamento. Cultura Organizacional.