CONSIDERAÇÕES SOBRE A IMPORTÂNCIA DE UMA POLÍTICA DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO EM BIBLIOTECAS

  • Bruno Pacheco Coelho Leite UFES

Resumo

Esse artigo traz os conceitos de Engenharia Social, as estratégias de ataques utilizadas pelos engenheiros sociais e os tipos de ameaças e vulnerabilidades que podem ser exploradas por esses indivíduos. Além disso, relata quais ações são necessárias para o estabelecimento de uma segurança da informação efetiva. Detalha o que vem a ser uma Política de Segurança da Informação e os procedimentos necessários para dar ciência aos funcionários sobre a sua existência. Apresenta um estudo de caso sobre a Política de Segurança da Informação nas bibliotecas do Instituto Federal do Espírito Santo. Informa sobre as melhores maneiras para prevenir possíveis perdas, danos e destruição das informações presentes nessas unidades de informação. Os procedimentos utilizados para este estudo se alicerçam na realização de pesquisa bibliográfica constituída por livros e artigos científicos pertinentes ao tema proposto. Assim, busca analisar os efeitos de uma Política de Segurança da Informação nas Bibliotecas do referido instituto, destacando-se os aspectos ligados a fatores humanos. Além disso, a pesquisa teve como objetivos específicos levantar informações sobre a engenharia social, identificar os tipos de ameaças e vulnerabilidades que contribuem para a ação dos engenheiros sociais nessas bibliotecas e apresentar os propósitos de uma Política de Segurança da Informação. Os resultados obtidos a partir desse estudo poderão ser úteis para bibliotecas que apresentam características semelhantes e estão inseridas em instituições com realidades similares.
Como Citar
LEITE, Bruno Pacheco Coelho. CONSIDERAÇÕES SOBRE A IMPORTÂNCIA DE UMA POLÍTICA DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO EM BIBLIOTECAS. Anais do SNBU, [S.l.], 2016. ISSN 2359-6058. Disponível em: <http://periodicos.ufam.edu.br/anaissnbu/article/view/3205>. Acesso em: 17 jul. 2018.

Palavras-chave

Segurança da informação; Engenharia social; Bibliotecas.