COMISSÃO TÉCNICA DE CATALOGAÇÃO DE RECURSOS INFORMACIONAIS: RELATO DE EXPERIÊNCIA DA IMPLANTAÇÃO NO INSTITUTO FEDERAL DO PARANA-IFPR

Cler Rosane Coldebella Muraro, Elisete Lopes Cassiano, Fabiane Ferreira, Hugo Avelar Cardoso Pires

Resumo


Observamos nas últimas décadas um aumento na produção e disseminação de documentos, decorrente da evolução tecnológica. Nesse cenário o profissional da informação deve dispor de ferramentas que assegurem a identificação, a organização e localização dos registros o conhecimento. O uso de tecnologias no serviço de bibliotecas crescem de forma constante, especialmente no que diz respeito a construção de formas de representação descritiva, agilizando processos e facilitando a recuperação da informação. O processo de catalogação requer a retirada de dados de um documento, os quais são transformados em uma ficha catalográfica ou num registro em formato MARC para a formação de um catálogo e consequente recuperação pelo usuário. O AACR2 serve como um padrão externo para inserir
conteúdo no formato MARC. Nesse contexto, o presente trabalho tem por objetivo apresentar as estapas de criação de uma Comissão Técnica de Catalogação, bem como apontar as dificuldades e vantagens de ter um grupo de trabalho voltado para a padronização dos acervos
das bibliotecas do IFPR. Dentre os objetivos específicos citamos: criação e divulgação de regras de catalogação; checagem por relatórios das atividades relativas a catalogação; orientação dos bibliotecários responsáveis pela catalogação na unidade; compartilhamento de planilhas com informações básicas de catalogação; padronização das atividades de catalogação. Por fim, aponta e analisa o estado atual da Comissão e sugere rotinas para que todas as bibliotecas sigam o mesmo padrão e possam, dessa forma, oferecer de maneira organizada e concisa o melhor trabalho para seus usuários, além de integrar o Catálogo da Rede Pergamum.

Palavras-chave


1. Catalogação Descritiva 2. Comissão de Catalogação 3. Bibliotecas IFPR

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 2359-6058